sexta-feira, 29 de Julho de 2011

Geladinhos de Morango

Apesar do dia ter estado muito cinzento, nada nos impede de comer um geladinho. E este, vindo do No Soup For You, é dois em um, delicioso e muito fácil!
E já me esquecia, muito rápido de confecionar.




Ingredientes

  • 200g de morangos
  • 1 iogurte natural
  • 1 medida de iogurte de leite
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de sumo de limão

Preparação Bimby

Deitar todos os ingredientes no copo e programar 1 minutos, velocidade 9.
Deitar a mistura nas formas de gelados e levar ao congelador até que fiquem firmes.

Preparação Tradicional

Triturar todos os ingredientes, distribuir pelas formas de gelados e levar ao congelador até que fiquem firmes.

Nota - As formas vieram da loja da minha querida amiga Fernanda ( Pi), em Albufeira. O blog ainda está em construção, mas não deixem de visitar porque vai ter muita coisa linda.

quarta-feira, 27 de Julho de 2011

Salada de Polvo

O Verão está ai, e nada me sabe melhor que uma salada, não vos acontece?
Esta é muito simples e fácil, mas fresca faz maravilhas em dias de calor. A acompanhar um verde bem fresco e pão alentejano.




Ingredientes

  • 1 polvo congelado com 800g
  • 2 cebolas
  • 3 tomates
  • 2 pepinos
  • oregãos
  • sal
  • pimenta
  • azeite
  • vinagre

Preparação

Cozer o polvo congelado, na panela de pressão com um pouco de água e 1 cebola aos quartos, cerca de 30 minutos. Cozi na Fusioncook 25 minutos.

Retirar o polvo, escorrer e cortar aos bocadinhos.

Cortar a cebola, os pepinos e os tomates em quadradinhos pequenos e juntar numa saladeira com o polvo. Temperar com sal, pimenta, azeite, vinagre e oregãos.
Servir quente ou frio.

Nota - Não adicionar sal na cozedura do polvo porque endurece o mesmo.
Mesmo que compre polvo fresco, torna-se mais fácil cozê-lo se o congelar primeiro.

domingo, 24 de Julho de 2011

Tarte Pastel de Nata

Esta receita pode ser usada para confecionar pastéis de nata, mas eu confesso que prefiro a tarte por uma questão de trabalho. É mais fácil, e não nos obriga a forrar muitas formas.




Ingredientes

  • 1 placa de massa folhada
  • 250g de leite
  • 200g de natas ( 1 pacote)
  • 150g de açucar
  • 50g de farinha
  • 5 gemas
  • casca de 1 limão
  • 1 pau de canela

Preparação Bimby

Colocar no copo todos os ingredientes do recheio, excepto a casca de limão e o pau de canela. Misturar uns segundos na velocidade 4.
Colocar a borboleta, adicionar a canela e a casca de limão e programar 18 minutos, temperatura 90, velocidade 1 1/2.

Forrar uma forma de fundo amovivel com a massa . Retirar o pau de canela e a casca de limão e deite o preparado na forma sem encher demasiado.

Levar ao forno a 180º cerca de 25/30 minutos, até a massa assar e o recheio ficar firme

Preparação tradicional

Deitar numa taça todos os ingredientes do recheio, à excepção da canela e do limão.  Bater até misturar bem. Deitar a mistura numa caçarola, adicionar o limão e a canela e levar a lume brando, mexendo sempre, até o creme engrossar.

Forrar uma forma de fundo amovivel com a massa . Retirar o pau de canela e a casca de limão e deite o preparado na forma sem encher demasiado.
Levar ao forno a 180º cerca de 25/30 minutos, até a massa assar e o recheio ficar firme.

Fonte - Livro base da Bimby

quinta-feira, 21 de Julho de 2011

Três Cores para uma Comemoração

Quem me conhece, sabe que não sou boa contadora de histórias. Também não tenho nenhuma que envolva o nº 3, numero esse,  que está presente no desafio que a minha querida amiga Margarida nos propôs.
O Figo Lampo comemora 3 anos, foram 3 anos repletos de muitas receitas fantásticas, grande parte delas testadas e aprovadas na minha cozinha, de muitas histórias como só a Margarida tão bem sabe contar, e acima de tudo de muita amizade.

E é com um prato bem colorido, com 3 cores bem portuguesas ( até parece a bandeira nacional) que participo no 3º aniversário do Figo Lampo.

Margarida, espero que gostes! Foi um momento de inspiração, não retirei a receita de lado nenhum, fui fazendo como achei melhor.




Pimentos Recheados com Soja e Legumes

Ingredientes

  • 2 pimentos verdes
  • 1 pimento vermelho
  • 1 pimento amarelo
  • 1 chávena de soja granulada fina
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 ramo de salsa
  • 2 cenouras
  • 1 lata de cogumelos laminados
  • 1 chávena de ervilhas
  • 2 tomates
  • sal e pimenta
  • 1 cm de gengibre ralado
  • 1 colher de mostarda
  • azeite
  • queijo mozarella ralado

Preparação Bimby

Colocar a soja numa taça com água durante 1 hora para hidratar.
No copo colocar a cebola, os alhos,  a salsa e as cenouras e triturar 5 segundos, velocidade 5.
Juntar o azeite e os cogumelos e programar 5 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa. Adicionar as ervilhas, a soja bem escorrida, o sal e a pimenta, a mostarda, o tomate desfeito e o gengibre e deixar cozinhar 10 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa.

Cortar uma tampa aos pimentos, retirar as sementes e colocá-los num tabuleiro, ou em ramequins untados de azeite. Rechear com a soja, polvilhar com o queijo e levar ao forno até se encontrarem assados e o queijo derretido.

Servir com salada verde.

Preparação Tradicional

Colocar a soja numa taça com água durante 1 hora para hidratar.

Coloque num tacho, a cebola, os alhos e a salsa, tudo picado, a cenoura ralada,o  azeite e os cogumelos e deixe refogar um pouco.
 Juntar as ervilhas, a soja bem escorrida, a mostarda, o tomate aos bocados, o gengibre, temperar de sal e pimenta e deixar cozinhar cerca de 10 minutos.

Cortar uma tampa aos pimentos, retirar as sementes e colocá-los num tabuleiro, ou em ramequins untados de azeite. Rechear com a soja, polvilhar com o queijo e levar ao forno até se encontrarem assados e o queijo derretido.
Servir com salada verde.

Nota - Escolha pimentos com a base o mais direito possivel, para os conseguir manter em pé. Usei ramequins por ser mais fácil essa tarefa.
Os pimentos utilizados são os que mais gostar.

terça-feira, 19 de Julho de 2011

Tarte de Camarão e Couve Chinesa

Mais uma tarte salgada, desta vez com camarão e legumes. Quando não há jantar pensado com alguma antecedência aqui em casa, a solução é muitas vezes uma tarte salgada com o que houver à mão. Foi o que aconteceu neste dia.



Ingredientes

  • 1 placa de massa folhada
  • 300g de camarão
  • 700g de água
  • 250g de couve chinesa
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • azeite
  • sal, pimenta e noz moscada
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 40g de farinha integral
  • 2 tomates maduros em rodelas
  • 1/2 pimento verde em tiras finas
  • 1 bola de queijo mozarella fresco

Preparação Bimby

Descascar o camarão cru e reservar o miolo.
Para fazer o fumet, no copo da Bimby, colocar a água,  as cascas e cabeças do camarão e programar 5 minutos, temperatura 100, velocidade 3. Coar com a ajuda do cesto, reservar o liquido obtido.

Sem lavar o copo deitar a cebola, os alhos e 2 colheres de sopa de azeite, triturar 10 segundos velocidade 5, e refogar 5 minutos, temperatura 100, velocidade 1.
Juntar a couve picada e a polpa de tomate e programar mais 5 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa. Reservar.

Pesar 300g do fumet, juntar a farinha, sal, pimenta, noz moscada e 20g de azeite e programar 8 minutos, temperatura 100, velocidade 4.

Forrar uma tarteira com a massa folhada, dispor os tomates em rodelas, o pimento, o camarão, a mistura de couve e o molho bechamel. Desfazer o queijo por cima e lavar ao forno a 180º até a tarte ficar cozida e a massa tostada.

Preparação Tradicional

Descascar o camarão cru e reservar o miolo.
Começar por fazer o fumet, levando a ferver as cascas e as cabeças do camarão com a água, durante 5 minutos. Titurar um pouco e coar com a ajuda de um passador de rede. Reservar o liquido obtido.

Numa caçarola, refogar a cebola picada, os dentes de alho com 2 colhreres de sopa de azeite. Juntar a couve picada e a polpa de tomate e deixar ferver um pouco.

Noutra caçarola juntar 300g de fumet, a farinha, 20g de azeite, sal, pimenta e noz moscada, e levar a lume brando mexendo sempre até conseguir um bechamel cremoso.

Forrar uma tarteira com a massa folhada, dispor os tomates em rodelas, o pimento, o camarão, a mistura de couve e o molho bechamel. Desfazer o queijo por cima e lavar ao forno a 180º até a tarte ficar cozida e a massa tostada.

Servir com uma salada verde.

Nota - O fumet que sobrar, pode congelar em caixas para futuras utilizações

quinta-feira, 14 de Julho de 2011

Uma Festa de Adolescentes.

No passado dia 21 de Junho, 1º dia de Verão, a Beatriz fez 15 anos, como já aqui falei.
A festinha foi feita no dia seguinte, na companhia das amigas mais chegadas, ao todo eram 6 adolescentes, só raparigas, que o dia era  delas.
Preparei um lanche e um jantar,  tudo rápido, que para mim o dia foi de trabalho.

Para o lanche, sandes várias, brigadeiros, salame de chocolate, salgados, e algumas goludices, daquelas que estes dias permitem.
Ao jantar preparei wrap's de frango, pasta de atum ou salsichas e saladas várias, cada uma preparou como bem entendeu.
Para sobremesa um semifrio de pêssego, arroz doce, e claro o bolo de aniversário. Um bolo de chocolate, recheado de chocolate e coberto de pasta de açucar. A decoração foi escolhida pela aniversariante, e recaiu sobre a Lisa Simpson.
Foi um dia bem divertido, que acabou com camas improvisadas na sala, onde ficaram todas a dormir.


Bolo de Espuma de Cacau

Ingredientes

  • 6 ovos
  • 1 1/2 de açucar
  • 2 chávenas de farinha
  • 1/2 chávena de óleo
  • 1 chávena de água misturada com 4 colheres de sopa de cacau
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó


Para o creme de chocolate

  • 2 ovos
  • 120g de açucar
  • 120g de manteiga
  • 120g de chocolate preto

Preparação Bimby
Com a borboleta no copo, juntar os ovos e o açucar e bater 6 minutos, temperatura 37, velocidade 3.
Programar mais 5 minutos, na mesma velocidade sem temperatura.
Adicionar o cacau com a água e o óleo, e bater 1 minuto, velocidade 3 1/2.
Por fim adicionar a farinha com o fermento e envolver 20 segundos, velocidade 2.
O copo vai ficar muito cheio, pelo que é conveniente acabar de envolver com a espátula.
Levar ao forno pré aquecido a 180º, numa forma grande untada e polvilhada de farinha até o bolo estar cozido, cerca de 45/50 minutos, ou até espetar um palito e o mesmo sair seco.

Enquanto o bolo coze, prepare o creme de chocolate. Para isso colocar no copo da Bimby, o açucar, os ovos e a manteiga e programar 5 minutos,  temperatura 90, velocidade 4. Juntar o chocolate, esperar que amacie cerca de 1 minuto e programar 10 segundos, velocidade 6.
Deixar arrefecer completamente o bolo e o creme, e após estarem os dois bem frios, abrir o bolo ao meio e recheá-lo com o creme de chocolate.


Preparação Tradicional

Bater as claras em castelo e reservar.
Noutro recipiente, bater bem as gemas com o açucar. Juntar a água com o cacau e o óleo e continuar a bater. Por fim adicionar a farinha com o fermento e as claras em castelo. Envolver tudo bem e levar ao forno pré aquecido a 180º, em forma grande untada e polvilhada, cerca de 45/50 minutos, ou até espetar o palito e o mesmo sair seco.

Enquanto o bolo coze, prepare o creme de chocolate. Numa caçarola, colocar todos os ingredientes e levar a lume brando, mexendo sempre até o chocolate derreter e obter uma mistura macia e cremosa.

Deixar arrefecer completamente o bolo e o creme, e após estarem os dois bem frios, abrir o bolo ao meio e recheá-lo com o creme de chocolate.



Este bolo é o escolhido para bolos de aniversário, sempre que a opção inclui chocolate. Fica um bolo fofo, mas que aguenta perfeitamente uma cobertura de pasta de açucar.

Fonte - O bolo vem do caderno de receitas de familia, a cobertura é do livro base da Bimby

segunda-feira, 11 de Julho de 2011

Bolas de Fiambre, Azeitonas e Cebolinho

Uma receita ideal para quando apetece um petisco, para levar para um pic-nic, que foi para onde estas foram, para a praia, ou mesmo para uma refeição ligeira.
As carnes utilizadas ficam ao gosto de cada um, bacon, fiambre, chouriça, legumes, o que a imaginação e o gosto ditar.
Estas levaram fiambre aos cubos, azeitonas recheadas de pimento e cebolinho.
A receita foi-me dada por a mãe de uma colega da Beatriz há uns anos atrás.




Ingredientes

  • 4 ovos
  • 1 chávena de leite
  • 1/2 chávena de oleo e azeite misturados
  • 2 chávenas de farinha
  • 1 colher de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 300g de fiambre aos cubos pequenos
  • 1 frasco de azeitonas recheadas de pimento cortadas às rodelas
  • cebolinho picado

Preparação Bimby

Colocar no copo, a farinha, o leite, as gorduras, os ovos, o fermento e o sal,  e bater  30 segundos, velocidade 4.
Juntar o fiambre, as azeitonas e o cebolinho, envolver bem com a espátula e levar ao forno em formas de queques untadas e polvilhadas, ou numa forma única, rectangular ou redonda.
Desenformar, deixar arrefecer e servir.

Preparação Tradicional

Colocar numa tigela a farinha, o leite, os ovos, as gorduras, o fermento e o sal e bater bem. Juntar o fiambre, as azeitonas e o cebolinho, envolver bem e levar ao forno em formas de queques untadas e polvilhadas, ou numa forma única, rectangular ou redonda.
Desenformar, deixar arrefecer e servir.

Nota - Estas bolas aguentam-se 2 ou 3 dias bem fechadas numa caixa hermática. Também podem ser congeladas depois de cozidas e bem frias.

sexta-feira, 8 de Julho de 2011

Compota de Cerejas

Comprei uma caixa de cerejas, daquelas bem escuras, que ao comermos ficamos com os dedos cor de vinho,  e custa tanto a sair.
Comemos, deliciámo-nos e fiz 2 frascos de compota, que tal como as cerejas ficou bem escurinha, mas bastante doce, reduzi imenso a quantidade de açucar, mas podia ter reduzido mais, já que a fruta era bastante doce.
A receita é da minha querida amiga Helena, que neste momento está do outro lado do oceano, mas muito perto em sentimento, e também na minha cozinha.


Ingredientes

  • 1 kg de cerejas pesadas depois de retirar os caroços
  • 300g de açucar

 Preparação Bimby

Colocar a borboleta e 300g de cerejas no copo. Programar velocidade 3 até o som mudar e perceber que os caroços já se soltaram da fruta. Deitar num prato e eliminar os caroços. Repetir até acabar as cerejas.
Sem borboleta, deitar as cerejas arranjadas, o sumo e o açucar, triturar uns segundos, velocidade 5. Programar 40 minutos, velocidade 1, temperatura 100.
Retirar o copinho,  substitui-lo pelo cesto virado ao contrário e programar mais 20 minutos, temperatura varoma, na mesma velocidade.
Verificar a consistência, se achar necessário, por gostar mais denso, ou se for para guardar algum tempo,  ferver mais uns minutos na mesma velocidade e temperatura.
Esperar que arrefeça e guardar em frascos herméticos.

 Preparação Tradicional

Descaroçar as cerejas e deitá-las num tacho, juntamente com o açucar. Levar a lume brando, mexendo de vez em quanto até atingir a consistência pretendida.
Utilizar a varinha mágica ou um robot de cozinha para triturar o doce, se não gostar de encontrar bocados de fruta.
Esperar que arrefeça e guardar em frascos herméticos.

Fonte - Sabores de Canela

quarta-feira, 6 de Julho de 2011

Bolo de Arroz, com Arroz.

No dia que vi este bolo no blog da Duxa, fui imediatamente colocar o arroz de molho para experimentar esta receita. E fiquei muito bem impressionada, fica um bolo húmido por dentro, crocante por fora, com pedacinhos quase imperceptiveis de arroz e o sabor a coco que tanto gosto, uma delicia.



Ingredientes

  • 1 chávena de chá de arroz carolino
  • 1 chávena de chá de leite
  • 1 chávena de chá de açucar
  • 1/2 chávena de óleo
  • 2 ovos
  • 30g de coco ralado
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó

Preparação

Com 12 horas de antecedência, colocar o arroz a demolhar no leite. Segundo a receita original menciona, têm que ser exactamente as 12 horas.

Para confeccionar o bolo, juntar todos os ingredientes no copo do liquidificador, excepto o fermento, e bater cerca de 3 minutos em velocidade máxima, de modo a triturar o arroz ( na Bimby, 3 minutos, velocidade 5. Acrescentar o fermento e bater numa velocidade mais baixa durante 1 minuto, ( na Bimby, 20 segundos, velocidade 2) 
 Levar ao forno pré aquecido a 180º, numa forma untada e polvilhada de farinha, cerca de 40 minutos, ou até espetar um palito e o mesmo sair seco.

Desenformar e servir.

A chávena que usei é uma cup americana, com uma capacidade de cerca de 250g.

Fonte - Vi a receita na Cozinha da Duxa, que por sua vez a trouxe do Blog Pimenta Biquinho da Adriana.

segunda-feira, 4 de Julho de 2011

Salada de Bulgur, Frango e Repolho

Depois de provar esta salada, confecionada pela Susana, num jantar muito especial, repeti em casa passados poucos dias. Dessa salada sobrou uma taça de bulgur já cozido que aproveitei para esta salada, um pouco diferente da original, mas também muito agradável.

 


Ingredientes

  • 2 peitos de frango assado
  • 1 chávena de bulgur cozido
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • salsa
  • 2 tomates maduros
  • 200g de repolho
  • sal, pimenta e noz moscada
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 colher de sopa de mostarda
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 100g de natas ou 1 iogurte natural

Preparação Bimby

Colocar no copo a cebola, o alho, a salsa e os tomates e triturar 5 segundos, velocidade 5. Juntar a couve cortada aos bocados e triturar 3 segundos, velocidade 5.
Temperar com o sal, a pimenta, a noz moscada, a polpa de tomate, a mostarda e o azeite e cozinhar durante 5 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa. Juntar as natas e deixar mais 5 minutos, temperatura varoma, na mesma velocidade.

Num tabuleiro de servir, juntar o bulgur, o frango desfiado e a mistura preparada.
Envolver e servir quente ou frio.

Preparação Tradicional

Picar a cebola, o alho, a salsa, os tomates e a couve. Deitar tudo numa caçarola, juntar o azeite, a polpa de tomate, a mostarda, temperar de sal, pimenta e noz moscada e levar ao lume até a couve se encontrar macia, mas não desfeita.
Acrescentar as natas, deixar ferver um pouco e juntar o preparado ao frango desfiado e ao bulgur.
Envolver bem e servir quente ou frio.

Nota - Se não tiver bulgur cozido, faça-o seguindo as instruções da embalagem. o frango pode ser sobras de frango assado, ou pode preparar como mais gostar, cozido com especiarias, por exemplo.

Fonte - Adaptada da Salada do Até Já, da Gasparzinha, do No Soup for You.

sexta-feira, 1 de Julho de 2011

Semifrio de Pêssego

Esta sobremesa é das poucas que a minha filha gosta. Não é grande apreciadora de doces de colher, para além do chesecake, deste semifrio e de mais uma ou outra sobremesa, as outras passam-lhe todas ao lado. Nem de mousse de chocolate gosta, e eu que gosto tanto!!

Por isso, em todas as festas, ou quase todas faço esta receita, principalmente se a festa fôr a dela.




Ingredientes

  • 250g de bolacha digestiva
  • 100g de manteiga
  • 1 ovo
  • 1 lata grande de pêssego
  • 1 gelatina de pessego
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 pacotes de natas
  • 2 pacotes de cuajada

Preparação Bimby

Colocar a bolacha no copo, e triturar 10 segundos, velocidade 7.  Juntar  a manteiga e o ovo e programar 30 segundos velocidade espiga.

Forrar o fundo de uma forma de fundo amovivel com a mistura de bolacha e levar ao frigorifico enquanto prepara o creme.

Para o creme, triturar 150g de pêssego escorrido,  durante 30 segundos, velocidade4, ou até conseguir um puré bem fino. Reservar.

Sem lavar o copo, deitar o leite condensado, as natas e a cuajada e programar 9 minutos, temperatura 90, velocidade 4. Juntar o creme de pêssego reservado e misturar uns segundos na velocidade 3. Terminado o tempo, deitar imediatamente o creme por cima da base.
Deixar arrefecer um pouco, e enfeitar com o pêssego inteiro reservado cortado em fatias finas.
Fazer a gelatina conforme as indicações da embalagem e deitar com cuidado por cima do semifrio.
Colocar no frigorifico durante umas horas ou de um dia para o outro.
Desenformar e servir bem fresco.

Preparação Tradicional

Triturar as bolachas, juntar a manteiga e o ovo, formar uma massa, forrar o fundo de uma forma de fundo amovivel e levar ao frigorifico enquando prepara o creme.

Numa caçarola  juntar o leite condensado, as natas e a cuajada e levar a lume brando, mexendo sempre até engrossar. Juntar o creme de pêssego reservado,  misturar bem e deitar imediatamente por cima da base.
Deixar arrefecer um pouco, e enfeitar com o pêssego inteiro reservado, cortado em fatias finas.
Fazer a gelatina conforme as indicações da embalagem e deitar com cuidado por cima do semifrio.
Colocar no frigorifico durante umas horas ou de um dia para o outro.
Desenformar e servir bem fresco.

Notas - Pode substituir a cuajda por  8 folhas de gelatina. Neste caso em vez de levar a mistura ao lume, dissolver a gelatina num pouco de água quente misturar aos outros ingredientes e mexer bem.
Pode substituir a fruta por outra a gosto, com morangos também fica muito bem e com uma apresentação muito bonita.
Os cremes confecionados com cuajada solidificam muito rapidamente, por esse motivo assim que acabar de o preparar tem que o deitar logo na forma. É um ingrediente não muita fácil de encontrar, mas consegue no El Corte Inglês, em qualquer super ou mini mercado espanhol, ou nos supermercados Froiz no Norte do pais.

Fonte - Esta receita foi adaptada da charlotte de dois sabores da Sta, já fiz a receita original, fica muito idêntica a nivel de sabor, mas com outra apresentação.