segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Um Bacalhau com Natas com Tudo a que tem direito

Pois é, sempre que faço bacalhau com natas, não junto natas. Estranho, pensam vocês, mas ao evitar as natas roubo algumas calorias à receita e com o bechamel mal se nota, mas hoje foi com tudo e mais alguma coisa. 
Quem me conhece sabe que tento evitar natas, leite condensado e tudo aquilo que considero que pode ser substituído por ingredientes mais saudáveis, com menos gordura e açucares.
 Mas a pedido da Beatriz aqui fica ele, com creme fraiche em vez das natas. 
Para fazer uma vez de tempos a tempos.




Ingredientes


  • 400g de bacalhau em lascas
  • 200g de batata palha
  • 1 cebola grande
  • 2 dentes de alho
  • 1 ramo de salsa
  • 2 cenouras médias
  • 2 folhas de louro
  • 3 colheres de sopa de azeite + 2 para o bechamel
  • 600g de leite
  • 60g de farinha
  • pimenta e noz moscada q.b.
  • 3 colheres de sopa de creme fraiche
  • 2 ovos
  • queijo emmental ralado


Preparação Bimby

Colocar no copo a cebola, as cenouras, os alhos e a salsa e triturar 5 segundos, velocidade 5.
Juntar o azeite, pimenta, noz moscada e o louro e refogar 5 minutos, temperatura varoma, velocidade colher inversa. Adicionar o bacalhau e programar 10 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

Num tabuleiro de ir ao forno, colocar a batata palha e juntar a mistura do bacalhau.
Sem  lavar o copo, deite o leite, a farinha, noz moscada, pimenta e o azeite e programar 9 minutos, temperatura 90º, velocidade 4.
Numa taça bater os ovos com o creme fraiche e juntar ao molho bechamel. Envolver  10 segundos, na velocidade 4,.

Deitar sobre o bacalhau e envolver tudo bem.
Polvilhar com o queijo e levar a gratinar ao forno a 190º.


Preparação Tradicional

Num tacho largo, refogar a cebola e os alhos picados, a salsa, a cenoura ralada, o azeite e o louro. Juntar o bacalhau lascado, temperar de pimenta e noz moscada  e deixar cozer mexendo de vez em quando.
Num tabuleiro de forno deitar as batatas e juntar a mistura do bacalhau.

Deitar o leite, a farinha, e o azeite numa caçarola, temperar de pimenta e noz moscada e levar a lume brando mexendo sempre até engrossar.
Juntar os ovos batidos com o creme fraiche e mexer bem.

Deitar o molho sobre o bacalhau, envolver bem  e polvilhar com o queijo ralado.
Levar ao forno a 190º a gratinar.

A cor amarela intensa deve-se ao facto de usar ovos do campo.

13 comentários:

  1. Bacalhau com natas, para mim, tem que ser com natas. Depois compenso no ginásio. Mas tirar as natas ao bacalhau com natas é quase um "crime" :-)
    De qualquer das formas vou experimentar com creme fraiche.

    ResponderEliminar
  2. Não conseguia viver sem natas,pois adoro,uso mais em sobremesa do que na comida.
    Esse bacalhau ficou excelente
    Bj

    ResponderEliminar
  3. És cá das minhas... eu muitas vezes também "troco as voltas" às natas e uso créme fraiche ou iogurte natural.. e ninguém dá pela diferença.... eh eh eh!
    Quando sabemos que os pratos à partida já são uma bomba de calorias, não custa nada tentar cortá-las um bocadinho.

    ResponderEliminar
  4. Ficou um prato bem saboroso.
    Bjs, Susana
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/Tertuliadasusy

    ResponderEliminar
  5. E ficou muito bem...a cor tostadinha por cima e super apelativa e a mim já me abriu o apetite.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Adoro e o teu esta lindo e muiiiiitttttooooo tentador.

    Bjs,

    Susana
    As Papinhas dos Babinhos

    ResponderEliminar
  7. De quando em vez. sabe bem uma extravaganciazita e quando o resultado final é assim uma travessa com um aspeto delicioso, até se esqueçe tudo o resto.
    Ficou lindo e decerto saboroso.
    Beijocas
    Paula

    ResponderEliminar
  8. Ai que delícia Gisela!! Adoro bacalhau com natas, mas este teu está de salivar!!
    Beijocas,
    Lia.

    ResponderEliminar