domingo, 29 de Abril de 2012

Ferraduras de Erva Doce

Uns biscoitos integrais que me prenderam a atenção assim que vi a revista "sabe bem faz bem", do Pingo Doce. Ela veio comigo para casa e uma fornada de biscoitos saiu de imediato.





Ingredientes

  • 300g de farinha integral
  • 125g de açúcar amarelo
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 colher de sobremesa de erva doce em pó
  • 130 ml de azeite
  • 3 ovos + 1 gema para pincelar


Preparação Bimby

Ligar o forno a 180º e forra 2 tabuleiros com papel vegetal.

Juntar todos os ingredientes no copo e programar 30 segundos velocidade 6.
De seguida amassar 2 minutos na velocidade espiga. Se a massa agarrar às paredes do copo, a meio do tempo juntar mais um pouco de farinha.
Retirar a massa para uma superfície plana e tender os biscoitos em forma de ferradura.
Pincelar com 1 gema batida e levar ao forno nos tabuleiros anteriormente preparados durante aproximadamente 15 a 20 minutos, ou até estarem dourados.
Deixar arrefecer completamente e guardar num frasco ou lata bem fechados.


Preparação Tradicional

Ligar o forno a 180º e forra 2 tabuleiros com papel vegetal.

Deitar a farinha, o açúcar, o fermento, a erva doce e a canela numa taça e abrir uma cavidade ao meio.
Deitar o azeite morno ( não aqueci) e misturar com uma colher de pau. Numa taça à parte, bater os ovos com uma vara de arames e juntar à mistura anterior. Mexer até ligar.
Retirar a massa para uma superfície plana, amassar durante um bocado e tender os biscoitos em forma de ferradura.
Pincelar com 1 gema batida e levar ao forno nos tabuleiros anteriormente preparados durante aproximadamente 15 a 20 minutos, ou até estarem dourados.
Deixar arrefecer completamente e guardar num frasco ou lata bem fechados.

quinta-feira, 26 de Abril de 2012

Salmão com Alecrim

Tinha um lombo de salmão para fazer uma empada, mas a preguiça foi maior que a vontade de comer a empada. Por esse motivo o destino do mesmo foi este, bem simples e aromático.





Ingredientes

  • 1 lombo de salmão
  • alecrim fresco
  • sal e pimenta
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de mostarda com sementes
  • 2 dentes de alho esmagados
  • batatas aos quartos

Preparação

Colocar o peixe num tabuleiro de forno e temperar de sal e pimenta.
Dispor as batatas à volta do peixe.

Numa taça, misturar o azeite, os alhos, a mostarda e o alecrim, misturar bem e deitar por cima do peixe e das batatas.

Levar ao forno até as batatas estarem douradas e o peixe assado. Se necessário adicionar um pouco de água a meio da cozedura.

Servir com salada verde.

terça-feira, 24 de Abril de 2012

Pudim de Café

Este pudim foi feito para participar no desafio mensal do Forumbimby, este mês dedicado ao café.
Como cá em casa é uma bebida muito apreciada, e este mês calhou-me a mim a escolha, ela recaiu exactamente sobre o café.
Quem quiser participar, pode publicar a sua receita, confecionada na Bimby claro, no Forumbimby até ao ultimo dia do mês.




Ingredientes

  • 9 dl de leite
  • 400g de açúcar ( reduzi para 250)
  • 3 colheres de sopa de café solúvel
  • 4 ovos
  • 4 gemas
  • 1 colher de sopa de aroma de baunilha
  • caramelo para untar a forma

Preparação Bimby


Colocar o leite, o café e o açúcar no copo e programar 8 minutos, temperatura 90, velocidade 2. Bater os ovos e as gemas à parte e juntar ao leite, bem como a baunilha. Bater 1 minuto, velocidade 4.

Untar uma  forma com caramelo, e deitar o pudim lá dentro.

Sem lavar o copo, colocar 1,5 litro de água e tapar. Encaixar a varoma. Tapar a forma com papel de alumínio, colocá-la dentro da varoma e programar 60  minutos, temperatura varoma, velocidade 1.
Quando terminar o tempo, abrir com cuidado para não se queimar, retirar o papel de alumínio,  e verificar se o pudim está cozido e firme no centro, se não programar mais 15 minutos na mesma velocidade e temperatura. Deixar o pudim arrefecer completamente e levar ao frigorífico de preferência de um dia para o outro.
Na altura de servir desenformar sobre um prato e decorar com grãos de café.

Preparação Tradicional

Levar o leite ao lume, com o café e o açúcar e deixar ferver um pouco. Apagar o lume. Bater os ovos com as gemas e juntar ao preparado, bem como a baunilha. Bater cerca de 1 minuto para ficar tudo bem misturado.

Untar a forma de caramelo, deitar o pudim e levar a cozer ao forno, em banho maria , a 180º cerca de 90 minutos, ou até notar que o pudim está firme no centro.
Retirar o pudim do forno e do tabuleiro. Deixar arrefecer, levar ao frigorífico, de preferência de um dia para o outro.
Na altura de servir desenformar sobre um prato e decorar com grãos de café.



Notas - Pode fazer o pudim em formas individuais, reduzindo o tempo de cozedura no forno para 1 hora e na Bimby para 45 minutos.
Só fiz meia receita e usei 150g de açúcar.
Pode também ser cozido na panela de pressão, em forma tapada, reduzindo o tempo de cozedura.

Fonte -  Livro Paixão pelo Café.

domingo, 22 de Abril de 2012

Coq au Vin e um Regresso a Paris

As mini férias da Páscoa do ano passado foram passadas em Paris. Os companheiros são os de sempre, marido e filha, e lá fomos nós à descoberta daquela bela cidade.
No meio de monumentos lindíssimos, zonas que gostei mais que outras, dois dias para visitar a Disneyland, o tempo passou a correr.
As refeições, nestas alturas são feitas de coisas simples e rápidas para não perder tempo, já que ele é muito pouco. Mas não regresso a casa, em parte alguma onde vou, sem provar aquilo que é típico de cada zona, e o meu ultimo jantar em Paris foi a famosa sopa de cebola, coq au vin e para rematar a tarte tatin.
Chegada a casa vamos lá testar todas estas receitas, a Tarte Tatin já foi feita, e hoje a escolha foi o Coq au Vin, para levar à festa da Vera.
A Vera pediu uma receita que nos levasse a qualquer local por onde já passámos, e em conversa com o marido ele lembrou-se deste belo frango. Ficou muito melhor do que comi em Paris, acreditem.





Ingredientes

  • 1 frango cortado em 6 pedaços
  • 1 cenoura grande aos cubos
  • 2 talos de aipo aos pedaços
  • 1 cebola grande cortada grosseiramente
  • 2 dentes de alho picados
  • 150g de bacon em pedaços pequenos
  • 2 colheres de azeite
  • 1 colher de manteiga
  • 10 cogumelos frescos laminados
  • 2 hastes de tomilho
  • sal e pimenta
  • 1 colher de sopa de farinha
  • 1 cálice de conhaque ( usei vinho do Porto)
  • 1 garrafa de vinho tinto ( usei metade)
  • água quente
  • batata cozida para servir

Preparação

Temperar o frango arranjado com sal e pimenta.
Num tacho largo, aquecer as gorduras e juntar o bacon. Deixar dourar, retirar e reservar. Na mesma gordura alourar o frango de ambos os lados. Reservar juntamente ao bacon. Adicionar os cogumelos e deixar cozinhar,  durante 5 minutos e reservar também.
No mesmo tacho, adicionar a cenoura, a cebola, os alhos e o aipo, deixar cozer cerca de 5 minutos, juntar o frango e o bacon, polvilhar com a farinha, juntar o vinho do Porto, o tomilho, e por fim o vinho tinto até tapar a carne.
Deixar ferver um pouco com o tacho destapado, de seguida juntar uma chávena de água quente, tapar o tacho e deixar cozer cerca de 40 minutos.
Quando faltarem 10 minutos para terminar, adicione os cogumelos reservados e envolva tudo.

Rectificar os temperos e servir com batata cozida, de preferência batata nova com cozida com pele.


Fonte - Receita do Nigel Slater.

E agora deixo algumas das imensas fotos que tirei durante a viagem,


E mais umas ,


sexta-feira, 20 de Abril de 2012

Scones de Maçã e Queijo - Apple Cheddar Scones

Mais um desafio Dorie às Sextas,  desta vez com algumas alterações a meu gosto.
Troquei o sumo de maçã ou cidra por leite, o queijo cheddar por queijo  flamengo e a maçã seca por 1 maçã picada. Se quiserem fazer a receita original é só seguir estas indicações.
Ficam muito macios, com um leve sabor a maçã e não sabem a queijo.
Mais uma vez a receita escolhida ficou aprovada.


Ingredientes
  • 1 ovo grande
  • 1/2 cup de buttermilk
  • 1/4 cup de leite ( cidra no original)
  • 1 e 3/4 cup de farinha de trigo
  • 1/3 cup de farinha de milho, preferencialmente grosseira
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1/4 colher de chá de bicarbonato
  • 1/4 colher de chá de sal
  • 100g de manteiga fria em pedaços pequenos
  • 3/4 cup de queijo flamengo ralado (cheddar no original)
  • 1/2 cup de maça picada ( maça seca no original)


Preparação

Pré aquecer o forno a 180º. Forrar um tabuleiro com papel vegetal e reservar.
Misturar o ovo com o buttermilk e o leite e reservar.
Numa tigela misturar a farinha, a farinha de milho, o açúcar, o sal, o fermento e o bicarbonato. Misturar a manteiga e com a ponta dos dedos ou com um garfo, misturar bem até que pareçam migalhas. Não misturar demasiado e ter atenção ao calor das mãos.
Acrescentar os ingredientes líquidos aos secos, misturar com um garfo até que a massa que vai ficar muito molhada e pegajosa fique coesa. Se ainda tiver ingredientes secos no fundo da tigela continue a misturar mas sem amassar.
Acrescentar o queijo e a maçã e envolver levemente.  Ainda na tigela amassar levemente, como se fosse pão, com a mão ou uma espátula de borracha 8 a 10 vezes.
De seguida, e como a massa é muito pegajosa, deitá-la numa superfície bem enfarinhada, achatar num rectângulo de 1,5 cm de altura e com uma faca também enfarinhada cortar em 12 partes iguais.
Transferir os scones para o tabuleiro e levar a cozer cerca de 20 minutos, ou até os scones estarem dourados e quase firmes.
Deixar arrefecer numa grelha cerca de 10 minutos ou deixar arrefecer completamente e servir à temperatura ambiente.

Nota - O buttermilk pode ser preparado em casa, misturando uma chávena de leite com uma colher de sumo de limão ou vinagre. Aguardar 5 minutos e usar.
1 cup = 250 ml.

Fonte - Baking de Dorie Greenspan

terça-feira, 17 de Abril de 2012

Tortellini com Tomate e Manjericão

Este prato foi confecionado nas ultimas férias de verão, e estava à espera de vaga para aqui entrar desde essa altura. É hoje.



 
Ingredientes

 
  • 300g de tortellini recheado de queijo e espinafres
  • 4 tomates grandes e maduros
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 200g de cogumelos frescos laminados
  • 10 folhas de manjericão
  • 1 molho de salsa
  • sal e pimenta
  • azeite
  • queijo parmesão ralado para polvilhar ( facultativo)
 
Preparação

 
Cozer a massa com água, sal e um fio de azeite. Enquanto a massa coze preparar o molho.
Levar a cebola e os alhos ao lume com o azeite a refogar sem deixar fritar. Juntar o tomate aos pedaços, a salsa picada, os cogumelos o sal e a pimenta e deixar cozer.
Por fim adicionar o manjericão, envolver e servir com a massa escorrida.

domingo, 15 de Abril de 2012

Vamos à Feira?

Podemos ir, mas se é só para comer churros não é preciso, vamos fazê-los em casa.
Há dois anos comprei em Sevilha uma churreira, que não é nada mais que uma seringa de pastelaria com um bico canelado próprio para fazer churros. A minha filha que é fanática por estes fritos, à dois anos que falava na bendita churreira. E eu por preguiça de os fritar não os fazia.
Mas este inverno, num domingo de chuva e depois de ver esta receita da revista Bimby, momentos de partilha de Fevereiro fiz-lhe a vontade. E que bons que são!!
Hoje é domingo, quem se atreve ?




Churros de Laranja com Cacau Quente

Ingredientes

Para os churros

  • 200g de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de fermento
  • 320g de água
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de raspa de laranja
  • 2 ovos médios
  • óleo para fritar
  • açúcar e canela para polvilhar

Para o cacau quente

  • 8 dl de leite
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 3 colheres de sopa de cacau em pó
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha

Preparação Bimby dos Churros

Colocar um recipiente sobre a tampa da Bimby, pesar a farinha, juntar o fermento e reservar.
Colocar no copo a água e o sal e programar 4 minutos, temperatura 100, velocidade 1. Adicionar a raspa de laranja e a farinha reservada de uma só vez e programar 15 segundos, velocidade 4. Retirar a base do copo e deixar arrefecer cerca de 15 minutos.
Bater à parte os ovos e com a Bimby em funcionamento na velocidade 4 adicioná-los através do bocal da tampa.
Retirar a massa para um saco de pasteleiro de bico canelado, ou para uma churreira, e deixar repousar 10 minutos.
Aquecer o óleo e fritar os churros. Escorrer sobre papel absorvente e polvilhar com açúcar e canela.


Preparação Bimby do Chocolate Quente

Colocar todos os ingredientes no copo, excepto a baunilha e programar 10 minutos, temperatura 80, velocidade 4. No ultimo minuto adicionar a baunilha pelo bocal e servir de imediato.


Preparação Tradicional dos Churros ( não testada)

Numa caçarola aquecer a água com o sal. Adicionar a raspa de laranja, a farinha e o fermento e bater bem. Deixar arrefecer um pouco e juntar os ovos previamente batidos. Bater mais um pouco para ficar bem misturado.
Retirar a massa para um saco de pasteleiro de bico canelado, ou para uma churreira, e deixar repousar 10 minutos.
Aquecer o óleo e fritar os churros. Escorrer sobre papel absorvente e polvilhar com açúcar e canela.

Preparação Tradicional do Cacau Quente

Numa taça, juntar o cacau e o açúcar. Levar o leite ao lume sem deixar ferver. Juntar gradualmente uma porção do leite quente à mistura do cacau até dissolver bem.  Juntar a baunilha,  verter a mistura para o restante leite quente, misturar e servir.


Fonte - Churros - Revista Bimby, momentos de partilha nº 15, o cacau quente veio do Sabores de Canela

sexta-feira, 13 de Abril de 2012

Pão de Ló Rápido

Um bolo bastante tradicional e simples, muito comum nas mesas portuguesas na Páscoa e no Natal, ou neste caso quando der vontade de comer um bolo muito fofinho.
E já que o fim de semana está à porta deixo esta sugestão para o lanche.




Ingredientes

  • 5 ovos
  • o peso dos ovos em açúcar ( pesados inteiros com casca)*
  • metade do peso dos ovos em farinha
  • 1 colher de chá de fermento em pó

* reduzo sempre esta quantidade em 100g. Se os ovos pesarem 300g, coloco 200g de açúcar.


Preparação Bimby

Pré aquecer o forno a 180º e barrar uma forma de chaminé com manteiga e polvilhar de farinha.

Colocar as claras no copo com a borboleta e bater 5 minutos, velocidade 3 1/2.
Juntar o açúcar e bater mais 3  minutos até obter um merengue firme. Adicionar as gemas levemente batidas, pelo bocal com a máquina na velocidade 3 durante 2 minutos.
Por fim envolver a farinha com o fermento 30 segundos, velocidade 2. Se necessário acabar de envolver com a espátula.
Deitar a massa na forma e levar ao forno cerca de 35 minutos, ou até espetar o palito e ele sair seco.
Desenformar e deixar arrefecer sobre uma rede.


Preparação Tradicional


Pré aquecer o forno a 180º e barrar uma forma de chaminé com manteiga e polvilhar de farinha.

Numa tigela grande bater as claras em castelo. Juntar o açúcar e bater mais um pouco até obter um meregue firme.
Adicionar as gemas levemente batidas e continuar a bater. Vai obter um creme bastante fofo.
Por fim incorporar a farinha e o fermento e envolver bem sem bater demasiado para a mistura não abater.
Deitar a massa na forma e levar ao forno cerca de 35 minutos, ou até espetar o palito e ele sair seco.
Desenformar e deixar arrefecer sobre uma rede.
O meu bolo foi batido com a Kitchenaid e ficou enorme e bastante fofo.




Fonte - Forumbimby

quarta-feira, 11 de Abril de 2012

Risotto Campestre e a Comemoração de 1 Aniversário

O ano passado conheci o blog da Manuela, O Bolo da Tia Rosa, através da Isabel.
Um blog que continuo a seguir, e que nos convida a todos a festejar este mês o seu 1ª aniversário, e levar para a festa um prato de arroz. A festa vai ser dia 19 e o meu contributo para que o dia é um risotto.

O dia estava chuvoso, a preguiça era imensa mas havia que fazer almoço para dois. Arroz, pensei eu, um risotto com legumes, o que achas? perguntei. Agrada-me, respondeu o Luis, e assim saiu este prato, num dia de férias. Foi saboreado a dois, a mais nova estava na escola, não é requintado, mas feito com muito carinho e ingredientes que nos agradam.
Espero que também gostes, Manuela.



Ingredientes

  • 150g de arroz para risotto
  • 100g de cogumelos frescos laminados
  • 150g de ervilhas
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 colheres de azeite
  • 10 rodelas de chouriça caseira
  • 1 copo de vinho branco
  • água ou caldo de legumes
  • sal e pimenta
  • queijo parmesão para servir


Preparação Bimby

Colocar a cebola e os alhos no copo e triturar na velocidade 5, juntar o azeite e a chouriça, 5 minutos, temperatura varoma, velocidade 1.  Dar 2 toques de turbo para triturar grosseiramente a chouriça.
Adicionar os cogumelos e as ervilhas e cozinhar 5 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa.
Sem o copinho na tampa,  adicionar o arroz, o sal, a pimenta e o vinho e programar 3 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa.
Programar 18 minutos, na mesma temperatura e velocidade e ir deitando a água ou o caldo quente à medida que o arroz vai cozendo. Não deixar secar.

Rectificar os temperos e servir de imediato polvilhado com o queijo ralado.

 
Preparação Tradicional
Numa caçarola juntar a cebola, os alhos a linguiça picada e o azeite e refogar um pouco.
Juntar os cogumelos, as ervilhas e refogar mais um pouco. Adicionar o arroz, o vinho branco, temperar de sal e pimenta e deixar evaporar o vinho.
Ir adicionando o caldo ou a água quente à medida que o arroz vai cozendo, não deixando secar.

Rectificar os temperos e servir de imediato polvilhado com o queijo ralado.

segunda-feira, 9 de Abril de 2012

Sopa de Afogado, uma Especialidade Alentejana.

Já fui de férias, já voltei para casa, mas antes fui passar a Páscoa em casa dos sogros. Ambos alentejanos e muito apreciadores dos pratos tradicionais, fiz para o nosso almoço de domingo uma receita de família, da minha sogra, da zona de Nisa.
Esta sopa pode ser feita com os miúdos do borrego ou cabrito e com o sangue, mas habitualmente, e por não conseguir o sangue, faço só com cabrito, tal como esta que trago aqui hoje.

A sopa foi feita para 10 pessoas, e as quantidades que deixo foram as que usei, mas podem ser reduzidas conforme o nº de pessoas.




Ingredientes

  • 1/2 cabrito partido em bocados pequenos com os miúdos
  • 2 cebolas picadas
  • 4 dentes de alho picados
  • azeite q.b.
  • 4 tomates de lata picados, com a calda
  • 8 a 10 cravinhos
  • 3 folhas de louro
  • sal e pimenta
  • água
  • pão alentejano em fatias finas


Preparação

Num tacho grande, levar a cebola e os alhos a refogar no azeite. Juntar o tomate, o louro, o cravinho, o sal e a pimenta e deixar ferver um pouco.
Adicionar o cabrito envolver, deixar ferver mais um pouco e juntar água suficiente para fazer a sopa. Tapar o tacho e deixar cozer bem a carne.
Se for necessário juntar mais água porque o pão embebe bastante.

Colocar as fatias de pão numa terrina e deitar a carne e o caldo por cima.
Servir de imediato.


Nota - A foto foi tirada antes do almoço, e a terrina preparada só para esse fim, por isso o caldo foi absorvido e não deitei mais, mas a sopa tem que ser servida com bastante caldo.

quinta-feira, 5 de Abril de 2012

Folar da Páscoa

A Páscoa pede folar, o cheiro a erva doce e canela que fica  pela casa quando se coze um bolo destes lembra a época em que nos encontramos. Por cá não se consomem amêndoas, chocolates, mas o folar não falta.





Ingredientes

  • 250ml de leite morno
  • 1 cubo de fermento de padeiro fresco
  • 120g de açúcar
  • 500g de farinha
  • 1 1/2 colher de sobremesa de erva doce
  • 1 colher de sobremesa de canela
  • 50g de banha derretida
  • 1/2 cálice de aguardente
Para decorar
  • 1 ou 2 ovos cozidos e açúcar q.b.

Preparação Bimby

Deitar no copo o leite e o fermento 1 minuto, temperatura 37º, velocidade 2.
Juntar os restantes ingredientes e programar 30 segundos velocidade 6 e mais 3 minutos, velocidade espiga. Se a massa não descolar do copo, acrescentar mais um pouco de farinha e bater mais um minuto na velocidade espiga.
Deixar a massa levedar até dobrar de volume.

Untar um tacho ou forma de alumínio com manteiga, polvilhar de farinha e colocar a massa no tacho, dispor por cima os ovos e polvilhar com açúcar.
Leve ao forno pré aquecido a 180º cerca de 40 minutos (verificar com um palito).


Preparação Tradicional

Dissolver o fermento num pouco de água morna.
Deitar a farinha numa taça grande, abrir uma cavidade ao centro e juntar todos os ingredientes à excepção do leite. Amassar. Ir juntando o leite aos poucos e continuar a amassar até obter uma massa elástica e macia. Deixar levedar até duplicar de volume.

Untar um tacho ou forma de alumínio com manteiga, polvilhar de farinha e colocar a massa no tacho, dispor por cima os ovos e polvilhar com açúcar.
Leve ao forno pré aquecido a 180º cerca de 40 minutos (verificar com um palito).

Nota - Foi com esta receita que fiz a estreia oficial da minha prenda de anos, um robot KitchenAid. O folar foi amassado na velocidade 2.




Fonte - Figo Lampo.

segunda-feira, 2 de Abril de 2012

Mais um ano passou, e já vou nos 43.

É verdade, hoje é o meu dia.
43 já cá cantam!!

Vai ser um dia passado com a família, marido e filha. Com a Páscoa chegaram uns dias de férias que estamos a aproveitar da melhor maneira possível.
Mas não deixo passar o dia sem partilhar com todos que por aqui passam, e tão carinhosamente me acompanham, uma coisinha doce,  sim porque dia de aniversário tem que ter doce.



 

Pudim de Chocolate com Cuajada

 
Ingredientes

  • 600g de leite
  • 2 pacotes de cuajada
  • 120g de chocolate 70% cacau
  • 50g de açúcar

 
Preparação Bimby

 
Colocar todos os ingredientes no copo da Bimby e programar 10 minutos, temperatura 90, velocidade 4.
Deitar de imediato numa forma, deixar arrefecer e levar ao frigorífico 3 ou 4 horas.
Desenformar no momento de servir.

 

Preparação Tradicional


Deitar todos os ingredientes numa caçarola auto aderente e levar ao lume brando, mexendo sempre até engrossar e ficar cremoso.
Deitar de imediato numa forma, deixar arrefecer e levar ao frigorífico 3 ou 4 horas.
Desenformar no momento de servir.

Nota - Pode substituir a cuajada por 3 folhas de gelatina, demolhando-a em água fria e juntando ao creme no final da confecção.


Fonte - Sabores de Canela.