quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

Sopa de Tomate à Alentejana

Mais uma receita alentejana tão ao nosso gosto.
Esta sopa era muito usada  no Alentejo, no meio rural, quando havia muito tomate, pão e ovos, tudo saido directamente da horta. Normalmente é acompanhada com figos frescos, mas eu prefiro sem acompanhamento.



Ingredientes

  • 5 tomates grandes maduros
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • sal, pimenta e azeite
  • pão alentejano de véspera
  • 3 ou 4 ovos
  • 1 litro de água
  • oregãos

Preparação Bimby

Colocar a cebola e os alhos no copo e triturar 5 segundos, velocidade 5.
Juntar o louro e o azeite e programar 5 minutos, temperatura 100, velocidade 1.

Arranjar os tomates, tirar a pele, cortar aos bocados e juntar no copo, assim como o sal e a pimenta.
Programar 10 minutos, temperatura 100, velocidade 2.
Juntar a água e deixar ferver, 15 minutos, temperatura 100, velocidade 2.
Com a Bimby parada, deitar os ovos inteiros no copo, e deixar repousar cerca de 5 minutos, altura em que liga novamente a máquina, e programa 2 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa.

Entretanto cortar o pão em fatias finas e deitar numa terrina ou tigela e cobrir com a sopa bem quente.
Polvilhar com oregãos e servir de imediato.
Se preferir os ovos escalfados, colocar o caldo numa caçarola e deixá-los cozer a gosto.

Preparação Tradicional

Numa caçarola deitar a cebola e os alhos picados, juntar o azeite, o sal e a pimenta e deixar refogar um pouco.
Juntar o tomate pelado aos bocados e deixar cozer até o mesmo ficar praticamente desfeito.
Acrescentar a água, deixar ferver, juntar os ovos inteiros e mexer com uma colher para eles desfazerem e cozerem ao mesmo tempo.
Se preferir os ovos escalfados proceder do mesmo modo mas sem mexer.

Cortar o pão em fatias finas para dentro de uma terrina ou tigela e deitar a sopa por cima.
Polvilhar com os oregãos e servir de imediato.


18 comentários:

  1. Nunca provei sopa assim. O país é tão pequeno e a gastronomia é imensa. Estas receitas regionais espicaçam-me a curiosidade :) Adoro sopa e pão.

    ResponderEliminar
  2. Gisela
    Eu adoro sopa de tomate!E esta parece-me bem boa.
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Desconhecia este blog e fiquei fã! Receitas e fotos fabulosas, parabéns.

    Obrigada pela participação no Festival das Sopas com esta belíssima sopa alentejana.

    ResponderEliminar
  4. Está com bom aspecto.Eu adoro sopa de tomate,a minha Mãe é que não me faz ;-)
    bjs da Margarida.

    ResponderEliminar
  5. QUEM IA ADORAR ESTA SOPA ERA O MEU MARIDO , ELE ADORA SOPA , EU SÓ SE FOR CALDO VERDE, MAS CONFESSO QUE ESTA FICOU COM UM ASPECTO MARAVILHOSO,BJS

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro sopas com tomate, a foto é tão bonita que dá vontade de provar essa sopinha.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Nunca comi essa sopa alentejana, mas agradou-me bastante.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Esta sopa parece-me uma perdição! Que delícia. :)
    Beijnhos

    ResponderEliminar
  9. Gisela, minha querida, esta sopa tem tudo para me fazer feliz! Mas eu, ao contrário de ti, faço questão no acompanhamento e esses figos frescos deixam-me à beira do céu. :)))

    Bj enorme*

    ResponderEliminar
  10. Hummm! Que sopa maravilhosa! Sopa mesmo Sopa! Quentinha a fumegar! E com Pão...alentejano! Não deve haver coisa melhor! Adorei! beijinho

    ResponderEliminar
  11. Ainda este verão comi umas sopas de tomate com bacalhau num restaurante para aí para os teus lados, não tenho a certeza mas acho que foi nas Ademas. Mas estas tuas sopas com o ovinho estão de se lhe tirar o chapéu e eu não me faria rogada de estender a colher :)
    Beijocas

    ResponderEliminar
  12. Que sopinha deliciosa!
    Para mim sai com figos a acompanhar. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Estas sopas sao uma maravilha!!!
    Isto é uma autentica refeição que nos conforta!!

    Muito bom aspecto sim senhora!

    ResponderEliminar
  14. Cá no meu "cantinho" algarvio, com influências marcadamente alentejanas, chamamos-lhe Sopas de Tomate e os ovos são escalfados. Podem ser acompanhadas com lampas (primeiros figos da época), presunto, peixe do rio bem frito ou com pequenos pedacinhos de entremeada bem frita e estaladiça. Quando acompanhadas com entremeada frita utiliza-se alguma da gordura que libertou durante a fritura para fazer o refogado.
    Uma delícia (já sei o que vou fazer para o jantar).

    (http://saborescomtempo.blogspot.pt/)

    ResponderEliminar
  15. Respostas
    1. esta sopa é um espetáculo mas se for feita no pingo do toucinho e chouriço é muito boa


      Eliminar