segunda-feira, 31 de Janeiro de 2011

Tarte Folhada de Legumes

Uma placa de massa folhada, legumes a pedirem para os utilizarmos e a filhota fora, o jantar está escolhido.
É só colocar a imaginação a trabalhar e sai uma tarte bem colorida.




Ingredientes
  • 1 placa de massa folhada
  • 1 courgette pequena com casca
  • 2 tomates maduros mas rijos
  • 1 cebola roxa
  • 150g de cogumelos frescos
  • 200 ml de leite
  • 3 ovos
  • queijo feta
  • oregãos
  • sal e pimenta preta

Preparação

Preparar uma tarteira com papel vegetal e forrar com a  massa folhada.
Dispor por cima, e alternadamente, os legumes fatiados em rodelas finas.
Bater os ovos com o leite e deitar por cima dos legumes. Temperar com sal, pimenta e os oregãos,  esfarelar o queijo com a mão e deitar por cima da tarte.
Levar ao forno até a massa se encontrar dourada e o recheio firme mas não seco.


domingo, 30 de Janeiro de 2011

Scones Simples e com Chocolate

Não há fim de semana aqui em casa, que não se faça um miminho para o pequeno almoço, umas vezes mais elaborado, outras menos, umas mais saboroso, outras menos, mas qualquer coisinha aparece na mesa.
Estes scones foram os escolhidos para nos acompanhar numa manhã chuvosa.

Acrescentei pepitas de chocolate, em metada da massa, e foi uma boa opção, os que sobraram com chocolate, guardados num frasco hermético aguentam alguns dias sempre frescos.


Ingredientes
  • 3 1/2 chávenas de farinha sem fermento
  • 1 colher de chá de bicabornato de sódio
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 chávena de soro de leite, ou 1 chávena de leite com 1 colher de sopa de sumo de limão ( aguardar 5 minutos e usar)
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 125g de manteiga amolecida
  • 1/2 chávena de pepitas de chocolate

Preparação Bimby

Juntar a farinha, o bicabornato, o sal e o fermento, 20 segundos, velocidade 3. Reservar.
Deitar no copo o soro de leite, o ovo, o açucar e a manteiga e bater 30 segundos, velocidade 3. Juntar os secos, 30 segundos, velocidade 4. A massa deve ficar compacta, senão juntar mais um pouco de farinha.
Dividir a massa em duas e adicionar as pepitas de chocolate numa das partes.

Estender numa superficie plana, polvilhada de farinha, e com a ajuda de um cortador de bolachas, cortar circulos com cerca de 2 centimetros de espessura. Levar ao forno, em tabuleiro forrado de papel vegetal ou untado de manteiga e polvilhado de farinha.
Ou, como eu fiz,
deitar colheradas de massa no tabuleiro forrado de papel vegetal.

Servir quente, com compotas ou manteiga.

Preparação Tradicional

Numa tigela, misturar a farinha, o sal, o bicabornato e o fermento, envolver bem e reservar.
Noutra tigela, misturar o ovo, o açucar e o soro de leite. Junte 2/3 da farinha reservada e a manteiga derretida. Misturar a restante farinha e envolver tudo bem.
A massa deve ficar compacta, senão adicionar mais um pouco de farinha.
Dividir a massa em duas e adicionar as pepitas de chocolate numa das partes.

Estender numa superficie plana, polvilhada de farinha, e com a ajuda de um cortador de bolachas, cortar circulos com cerca de 2 centimetros de espessura. Levar ao forno, em tabuleiro forrado de papel vegetal ou untado de manteiga e polvilhado de farinha.
Ou, como eu fiz, deitar colheradas de massa no tabuleiro forrado de papel vegetal.

Servir quente, com compotas ou manteiga.

Notas - A minha massa não ficou com consistência para tender, e para o conseguir teria que juntar um bom bocado de farinha. Preferi deitar no tabuleiro às colheradas, com receio que ao juntar muito mais farinha, os scones ficassem muito massudos. E assim garanti uma consistência fofa e nada seca.
O chocolate é opcional, pode ignorar esse passo.

Fonte - Livro Dias com Mafalda, de Mafalda Pinto Leite

sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011

Salada de Arroz com Frango e Citrinos

Deixo uma sugestão para usar restos de frango assado, e arroz cozido, ou não, pode ser feito tudo no momento. Espero que gostem!!

Eu sei que está frio, e apetece comidinhas quentes, mas esta salada pode ser servida quente, e a mim sabem-me bem saladas o ano inteiro.



Ingredientes
  • 1/2 chávena de arroz basmatti ou selvagem  ( ou outro)
  • 2 peitos de frango assado
  • 80g de mistura de salada verde
  • 1/2 chávena de coentros
  • 1 lata de grão ( 400g)
  • 1/2 malagueta vermelha picada ( não usei)

Para o molho de iogurte
  • 1 iogurte natural
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1/2 chávena de hortelã picada
  • raspa e sumo de 1 lima ( usei limão)
  • raspa e sumo de 1 laranja

Preparação

Cozer o arroz não deixando ficar cozido demais. Escorrer, passar por água fria e colocar numa saladeira.

Preparar o molho, juntando todos os ingredientes numa taça pequena , misturar bem e temperar de sal e pimenta.

Na saladeira, onde tem o arroz, juntar o frango desfiado, o grão escorrido, a salada, os coentros e o molho.
Rectificar os temperos e servir.

Notas - não coloquei o grão todo, e também pode cozer o frango se não tiver assado, aliás, a receita original é com frango cozido.

Fonte - Livro Dias com Mafalda, de Mafalda Pinto Leite.

terça-feira, 25 de Janeiro de 2011

Filetes de Linguado Imperial



Ingredientes
  • 8 filetes de linguado
  • 1 cebola
  • 1 dl de natas ( substitui por leite)
  • 1 colher de chá de farinha
  • 3 tomates maduros
  • 2 dl de vinho branco
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 2 dentes de alho
  • salsa
  • sumo de meio limão
  • sal e pimenta q.b.

Preparação

Enrolar os filetes e prender com fio de cozinha. Temperar com sal, pimenta e o sumo de limão e reservar enquanto prepara o molho.
Levar ao lume, a cebola picada com o azeite, deixar alourar e juntar os tomates espremidos, a salsa e os alhos picados.
Juntar os rolos de peixe, o vinho, tapar o tacho e deixar cozer cerca de 20 minutos.
Tirar os rolos com uma escumadeira e reservar em local aquecido.

Ao molho, juntar a farinha desfeita no leite e deixar ferver com o tacho destapado até reduzir e ficar um molho cremoso.

Retirar os fios do peixe, colocar numa travessa e servir coberto com o molho.

Acompanhei com ervilhas cozidas e arroz selvagem.

Fonte - Pantagruel

domingo, 23 de Janeiro de 2011

Carne de Porco à Chefe

Depois de um dia de trabalho, e ainda no local, sabe bem poder dar umas gargalhadas com os colegas e o chefe da equipa, nada melhor que ter um bom ambiente de trabalho, e nisso eu sou uma sortuda.
Existe competência, trabalho, eficiência,  mas também se arranja uns momentos para uma boa anedota, ou um momento mais divertido. E foi num desses momentos, no final da passada sexta-feira, que o meu chefe contou os seus dotes culinários, e assim que começou a falar desta carne, convenceu-me logo.
Ninguém acreditou em mim, quando disse que já tinha jantar, só tinha que passar pelo talho antes de ir para casa, e assim fiz!

E chefe, ficou aprovadissima, a minha filha, comeu e repetiu, e no fim comentou....como é possivel alguém não gostar desta carninha!!!



Ingredientes
  • 1 kg de febras de porco
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 colher de sopa de mostarda ( usei com sementes)
  • 1 cálice de whiskie
  • sal e pimenta q.b.
  • 3 dentes de alho
  • 2 colheres de azeite
  • 1 colher de margarina ( substitui por banha) 
  • coentros para servir

Preparação

Cortar a carne aos bocadinhos pequenos e temperar com sal, pimenta e os alhos picados.
Reservar cerca de 1 hora.
Numa caçarola, deitar as gorduras, deixar aquecer e juntar a carne. Deixar selar e adicionar a polpa de tomate. Mexer bem para incorporar, tapar a caçarola a deixar cozer um pouco.
Juntar a mostarda, mexer e por fim adicionar o whiskie. Deixar ferver para evaporar o álcool e servir com os coentros picados.

Nota - A ideia dos coentros foi minha, e acho que ficaram muito bem. O alho também foi adicionado por minha autoria.

Chefe, venham mais receitinhas gostosas, um beijinho e até amanhã!!

sábado, 22 de Janeiro de 2011

Pão de Centeio com Arandos

De todas as farinhas pré-preparadas, esta é a minha preferida, não a uso tanto como gostaria porque não tenho nenhuma loja Ikea perto, mas sempre que lá vou, vem comigo uma ou duas embalagens.
Encontra-se no supermercado de produtos suecos do Ikea, e se não experimentaram façam-no, porque vale realmente a pena.
Cada embalagem tem 1 kilo de farinha e dois pacotes de fermento seco, cá em casa dá para duas utilizações.



Ingredientes
  • 500g de farinha de centeio com arandos
  • 3 dl de água
  • 1 pacote de fermento seco ( incluido na embalagem)

Preparação Bimby

Colocar no copo a água e programar 2 minutos, temperatura 37, velocidade 2.
Juntar a farinha e o fermento, 10 segundos velocidade 6 e 3 minutos velocidade espiga.
Deixar a massa levedar no copo, ou numa taça tapada com um pano, até duplicar de volume.

Retirar para uma superficie enfarinhada, amassar um pouco e formar o pão como preferir. Coloque num tabuleiro forrado de papel vegetal, ou em forma de bolo inglês também forrado, reservar 30 minutos e levar ao forno para assar.

Nota - Se pretender preparar na MFP, deite a água, seguida da farinha e do fermento e programe a máquina de acordo com as instruções da mesma.

Acompanhado com doce de marmelo fica uma delicia, acreditem.

Bom fim de semana a todos!

sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

Panna Cotta



Ingredientes
  • 400 ml de natas
  • 300 ml de leite
  • 60g de açucar
  • 1 vagem de baunilha
  • 7 folhas de gelatina

Preparação Bimby

Abrir a vagem, ao meio, no sentido do comprimento e com a ajuda do fico de uma faca raspe bem, para extrair todas as sementes.
No copo da Bimby, colocar as natas, o leite, o açucar, as sementes e a vagem.
Programar 8 minutos, temperatura 90, velocidade colher inversa.
Entretando demolhe as folhas de gelatina em água fria.
Retirar a vagem, juntar a gelatina bem escorrida e programar 10 segundos, velocidade 6.

Deitar a mistura em formas individuais, ou numa grande, levemente untada de manteiga. Depois de arrefecer levar ao frigorifico de preferência de um dia para o outro.
Para desenformar passe as formas por água quente, ou passe com a lâmina de uma faca à volta do doce para desprender das formas.

Servir com compota de frutos silvestres ou de morango , ou outra a gosto.

Preparação Tradicional

Abrir a vagem, ao meio, no sentido do comprimento e com a ajuda do fico de uma faca raspe bem, para extrair todas as sementes.
Leve ao lume uma caçarola com o leite, as natas, o açucar, as sementes e a vagem de baunilha. Assim que levantar fervura retire do lume.
Retire a vagem e junte as folhas de gelatina previamente demolhadas em água fria e bem escorridas.
Mexa bem até dissolver completamente a gelatina.

Deitar a mistura em formas individuais, ou numa grande, levemente untada de manteiga. Depois de arrefecer levar ao frigorifico de preferência de um dia para o outro.
Para desenformar passe as formas por água quente, ou passe com a lâmina de uma faca à volta do doce para desprender das formas.

Servir com compota de frutos silvestres ou de morango , ou outra a gosto.

Fonte - Esta receita é da minha querida amiga Helena , podem vê-la no seu blog Sabores de Canela , ou no Forumbimby .
Alterei a quantidade de natas e as folhas de gelatina.

quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011

Feijão com Arroz

Este prato não tem ciência nenhuma, mas é um dos pratos que mais me lembra a minha infância.
Era comum em casa dos meus pais, e agora, a minha filha pede imensas vezes este feijão, não vai vez nenhuma a casa da avó que esta não lhe tenha feito o seu prato favorito. Cá por casa, de vez em quando faz-se,sabe sempre bem lembrar as receitas que nos transportam à infância.
Acompanhado com uma bela fatia de pão de centeio é um petisco!!!




Ingredientes
  • 250g de feijão catarino seco demolhado
  • 1 chávena de arroz
  • 1 chouriça ( neste não usei)
  • 1 morcela
  • 1 cebola
  • 1 ramo de salsa
  • sal e pimenta
  • 2 colheres de sopa de azeite

Preparação

Cozer o feijão na panela de pressão ou na Fussioncook( menú legumes duros), com 1 cebola cortada ao meio, um ramo de salsa e os enchidos inteiros.

Depois de cozido, retirar os enchidos, juntar mais água se necessário, adicionar  o arroz e levar novamente a cozer, mexendo de vez em quando para não pegar.
Não deixar secar demasiado, ir juntando mais um pouco de água se necessário.

Servir com os enchidos às rodelas.

Nota - Pode juntar carne de porco, por vezes uso entrecosto aos bocadinhos, fica muito bom e mais "composto".
O meu avô paterno comia este prato acompanhado de cebola crua, que ia à mesa dentro de uma tacinha com água. Já experimentei e fica fantástico.

Se tiver pressa pode usar feijão enlatado cozido.

segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

Pacotinhos de Feta em Massa Filó

Desde que vi esta receita no Planet Food, num programa sobre cozinha Grega, que os mesmos não me saiam da cabeça.
A receita original não era confecionada como fiz, mas os ingredientes eram os mesmos.
Eu levei ao forno, para os tornar mais saudáveis, os originais são fritos em óleo, e acrescentei as  nozes.

Tenho pena que as fotos não façam jus à delicia que vos mostro, mas acreditem que vale a pena experimentar.



Ingredientes
  • massa filó
  • miolo de nóz
  • queijo feta
  • mel

Preparação

Cortar cada folha de massa filó ao meio, no sentido do comprimento, e cada tira em 2.
Barrar cada folha com mel, ao de leve, e juntar duas a duas.
Colocar queijo feta esfarelado e nozes aos pedaços no centro de cada quadrado de massa.  Juntar uma colher de chá de mel,  e fechar os pedaços de massa como se de um embrulho se tratasse. Levar ao forno até a massa ficar dourada.

Servir quente com um pouco de mel por cima.

Fonte - Programa de TV.

domingo, 16 de Janeiro de 2011

Bolo de Amêndoa e Ovos Moles.... e um dia Muito Especial!!

Para comemorar um dia bem especial, os 90 anos da minha "avó", não o é de sangue, mas de coração, o bolo escolhido foi este que partilho hoje.
Um bolo fácil de confecionar e nada seco.
A festa já tem mais de 1 mês, mas a receita  só chega hoje, um pouco atrasada, mas cá fica. E ela gostou tanto da surpresa que lhe preparámos que valeu a pena!!


Ingredientes para o bolo
  • 100 gr de amêndoa sem pele
  • 100 gr de amêndoa com pele
  • 200 gr de manteiga
  • 200 gr de açucar
  • 150 gr de farinha
  • 6 ovos
  • 1 colher de chá de fermento

Ingredientes para os ovos moles pobres
  • 6 ovos
  • um pouco menos do peso dos ovos de açucar ( os ovos são pesados antes de partir)

Preparação Bimby

Com o copo bem seco, deitar as amêndoas e triturar durante 30 segundos, velocidade 5. Reservar.
Bater os ovos, o açucar e a manteiga durante 6 minutos, temperatura 37, velocidade 4.
Quando acabar o tempo  colocar a borboleta e programar mais 5 minutos, velocidade 3 1/2.
Juntar a amêndoa e misturar durante 10 segundos, velocidade 4 sem borboleta.
Por fim juntar a farinha com o fermento 10 segundos, velocidade 3.
Levar ao forno,  numa forma bem untada e polvilhada de farinha até estar cozido, no meu forno leva cerca de 40 minutos.
Desenformar, deixar arrefecer completamente e rechear com os ovos moles que já devem estar frios.

Para preparar os ovos moles, deitar o açucar e os ovos inteiros no copo da Bimby, com a borboleta e mexer 10 segundos, velocidade 4.
De seguida programar 9 minutos, temperatura 100, velocidade 1.
Assim que acabar o tempo, retirar imediatamente do copo para uma taça. Deixar arrefecer bem antes de utilizar.


Preparação Tradicional

Bater a manteiga com o açucar até formar um creme macio. Juntar as gemas e continuar a bater.
Acrescentar a farinha, o fermento e as amêndoas moidas. Por fim juntar as claras batidas em castelo firme e envolver bem sem bater.

Levar ao forno, em forma bem untada e polvilhada de farinha até estar cozido, no meu forno leva cerca de 40 minutos.

Desenformar, deixar arrefecer completamente e rechear com os ovos moles que já devem estar frios.

Para preparar os ovos moles, deitar o açucar e os ovos, batidos à parte, numa caçarola e levar a lume brando mexendo constantemente até engrossarem.
  
Notas - Os ovos moles podem não ficar na consistência desejada no tempo indicado, nesse caso programar mais algum tempo, tendo sempre em atenção que eles engrossam depois de frios. Eu costumo prepará-los no dia anterior à sua utilização.
Para este bolo fiz 2 receitas e meia, eram cerca de 20 pessoas e a unica sobremesa que havia.
A cobertura é de pasta Portuguesa.
As fotos não estão perfeitas, por isso peço as minhas desculpas, mas foram tiradas em cima da hora, já no restaurante.
Fonte - A receita do bolo é do meu livro de receitas, não sei de onde veio, cá para casa veio pela mão da minha mãe, os ovos moles são do livro de Doces e Sobremesas da Bimby.
                                                                            

sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011

Panquecas de Trigo Sarraceno

Aqui em casa, principalmente a mais pequena, adora panquecas, e a altura em que arranjamos algum tempo para as fazer, é aos pequenos almoços de fim de semana.
Nestas é utilizada a farinha de trigo sarraceno , já que gosto de evitar a farinha branca na totalidade das receitas.
Ficam bem fofinhas e saborosas e espero que sirva de inspiração para o fim de semana que ai vem!




Ingredientes
  • 1 1/2 chávena de farinha de trigo ( 160 g)
  • 1 chávena de farinha trigo sarraceno ( 100g)
  • 1/4 chávena de açucar ( 50 g)
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 2 chávenas de leite ( 340 g)
  • 4 colheres de sopa de manteiga ( 35 g)
  • 1 ovo grande

Preparação Bimby

Deitar todos os ingredientes no copo e programar 20 segundos, velocidade 5.
Untar levemente uma frigideira com manteiga, levar ao lume, e quando estiver quente  fazer as panquecas, deitando pequenas porções de massa. Assim que começar a fazer pequenas bolhas é altura de virar para cozer do outro lado.


Preparação Tradicional

Numa taça deitar todos os ingredientes e com a ajuda de uma batedeira, bater bem até estar tudo bem incorporado.
Para fazer as panquecas proceder como está indicado anteriormente.

Fonte - Livro "Donas de Casa Desesperadas"
  

terça-feira, 11 de Janeiro de 2011

Pão de Forma de Trigo e Centeio




Ingredientes
  • 450g de farinha de trigo
  • 150g de farinha de centeio integral
  • 150g de farinha de trigo integral
  • 20g de fermento de padeiro fresco
  • 1 colher de sopa de açucar
  • 2 colheres de chá de sal
  • 350g de água ( pode necessitar de um pouco mais)

Preparação Bimby

Colocar a água e o sal no copo e programar 2 minutos, temperatura 37, velocidade 2.
Juntar o açucar, a farinha de trigo e o fermento, 20 seguntos, velocidade 6.
Adicionar as restantes farinhas e programar 4 minutos, velocidade espiga.
Se a massa estiver muito seca, vá adicionando um pouco mais de água até ficar uma massa elástica e despegar completamente do copo.

Retirar a massa para uma bancada, amassar um pouco e colocar numa forma de pão de forma com tampa, levemente untada de azeite. Fechar a forma, deixar levedar cerca de 45 minutos e levar ao forno por 40 minutos a 200º.
Abrir a forma e se achar necessário coloque o pão sobre a grelha do formo mais uns minutos.



Fonte - Esta receita é uma mistura de duas receitas da Isi do Forumbimby, esta e esta .
Estas quantidades são o ideal para uma forma de 35 cm.

domingo, 9 de Janeiro de 2011

Lentilhas com Pernas de Frango



Ingredientes
  • 6 pernas de frango
  • 4 dentes de alho picados
  • sal e pimenta q.b.
  • 2 folhas de louro
  • 3 hastes de alecrim
  • 2 cebolas roxas
  • 1 chávena de lentilhas secas ou 400g de lentilhas de lata
  • 125 ml de caldo de galinha ( não tinha usei água de cozer as lentilhas)
  • azeite q.b.

Preparação

No caso de usar lentilhas secas, começar por cozê-las, eu fiz na Fussincook, 25 minutos. Pode fazê-lo na panela de pressão ou numa panela normal.
Reservar.

Num tabuleiro de forno, temperar as pernas de frango com alecrim, louro, sal, pimenta e os dentes de alho. Esfregar bem esta mistura no frango e deixar repousar cerca de 30 minutos.
Envolver as cebolas em quartos e regar com um pouco de azeite.
Levar ao forno por 30 minutos.
Juntar a água ou o caldo e as lentilhas e levar novamente ao forno 15 minutos.

Fonte - Revista Blue Cooking nº 52.



sábado, 8 de Janeiro de 2011

Bolo Mármore

Mais uma receita do livro de receitas de familia, quando digo que são receitas da minha mãe, concerteza que não foi ela que as inventou, mas são aquelas que estão tão bem escritas por ela, no seu livrinho de receitas, e que eu me habituei a fazer desde sempre como sendo as Suas receitas.
E no momento de sair de casa dos pais, não o fiz sem antes copiar todas essas iguarias para o meu próprio caderno de receitas. Hoje são as "minhas" receitas!
Com certeza muita gente tem estas mesmas receitas, estarão publicadas em muitos blogs, mas eu quando preciso de uma, vou aos meus apontamentos e é só escolher.

E num dia de chuva como este, nada melhor que um bolinho para acompanhar o chá ao lanche!!



Ingredientes
  • 100g de chocolate em pó
  • 170g de açucar ( a receita original leva 250g)
  • 1 chávena de chá de leite
  • 250g de farinha
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 150g de manteiga
  • 3 ovos

Preparação Bimby

Colocar a manteiga e o açucar no copo, programar 1 minuto, velocidade 3.
Colocar a borboleta, juntar os ovos e programar mais 3 minutos, temperatura 37, velocidade 4.
Acabado o tempo marcar mais 3 minutos, na mesma velocidade mas sem temperatura.
 
Com a maquina na velocidade 3 juntar o leite pelo bucal.
Retirar a borboleta e juntar a farinha e o fermento, 20 segundos, velocidade 3.
 
Retirar do copo metade da massa para uma taça, e juntar à restante o chocolate mexendo durante 30 segundos, velocidade 3.

Untar uma forma com manteiga e polvilhar de farinha e deitar as duas massas alternadamente a fim de fazer o efeito mármore.
Levar ao forno  a 200º, até o bolo se encontrar cozido.

Preparação Tradicional

Bater o açucar com a manteiga. Juntar as gemas e continuar a bater até ficar uma mistura bem cremosa.
Adicionar o leite, a farinha com o fermento e por fim as claras em castelo.
Dividar a massa em duas partes, e a uma delas juntar o chocolate, mexendo bem. até ficar bem incorporado.

Untar uma forma com manteiga e polvilhar de farinha e deitar as duas massas alternadamente a fim de fazer o efeito mármore.
Levar ao forno  a 200º , até o bolo se encontrar cozido.

quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011

Gambas Verdes

Vou partilhar convosco uma receita que comia frequentemente num restaurante aqui da terra. Infelizmente já fechou à uns anos, tinha pratos maravilhosos.
Não sei se a receita era confecionada desta maneira ou não, nunca obtive a receita original,mas depois de comer tantas vezes, resolvi arriscar em casa, e desde ai, faço algumas vezes porque gostamos imenso.



Ingredientes
  • 500g de miolo de camarão grande
  • 1 embalagem de esparregado congelado
  • 2 dentes de alho picados
  • 150g de água de cozer o camarão
  • 150g de leite
  • 40g de farinha
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • sal, pimenta e noz moscada
  • queijo mozarella ralado

Preparação

Cozer o camarão em água e sal e reservar com a água.
Numa frigideira antiaderente, deitar os alhos e 1 colher de sopa de azeite. Deixar alourar levemente e juntar o esparregado seguindo com as instruções da embalagem. Reservar.

No copo da Bimby deitar o a água, o leite, a farinha, 2 colheres de azeite, sal, pimenta e noz moscada a gosto e programar 8 minutos, temperatura 90, velocidade 4.

Pode confeccionar o bechamel numa caçarola, bastando para isso, juntar todos os ingredientes e levar ao lume mexendo constantemente até engrossar.

Numa taça grande, juntar o esparregado, o bechamel e o camarão. Envolver tudo bem, colocar num pirex, cobrir com queijo ralado e levar ao forno a gratinar.

Nota - Pode confecionar o esparregado caseiro, certamente ainda ficará melhor. Use e abuse da noz moscada, dentro dos limites e se gostar, claro, mas é uma especiaria que dá um saborzinho especial a esta receita.


segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011

Risotto de Bacalhau e Champanhe



Ingredientes
  • 250g de risotto
  • 400g de bacalhau desfiado
  • 1 cebola roxa
  • 2 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • 1 molho grande de coentros
  • 200g de champanhe
  • azeite, sal e pimenta
  • água quente

Preparação Bimby

No copo, colocar a cebola e os alhos. Triturar 5 segundos, velocidade 6. Adicionar o azeite e o louro e refogar 5 minutos, temperatura 100, velocidade 1.
Juntar o champanhe, e, sem o copinho na tampa  para evaporar o álcool, programar 4 minutos, temperatura 100, velocidade 1.
Adicionar o arroz,  programar 15 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa. Ir acrescentando água quente aos poucos, pelo bocal, sempre que necessário. Ao fim de 7 minutos, juntar o bacalhau, os coentros picados, temperar de sal e pimenta e deixar acabar de cozer continuando a acrescentar água para não deixar secar.
Rectificar os temperos, e servir de imediato polvilhado de coentros picados.

Preparação Tradicional

Numa caçarola deitar a cebola, os alhos picados, o louro e o azeite. Levar ao lume a refogar. Adicionar o champanhe, deixar ferver um pouco para evaporar o álcool, e acrescentar o arroz. Mexer, e ir adicionando água quente sempre que necessário. A meio da cozedura , acrescentar o bacalhau, os coentros picados, temperar de sal e pimenta e deixar acabar de cozer adicionando mais água se necessário.
Rectificar os temperos e servir de imediato polvilhado de coentros picados.

domingo, 2 de Janeiro de 2011

Cabrito à Padeiro



Ingredientes
  • 1,5kg a 2 kg de cabrito arranjado e cortado aos pedaços
  • 5 dentes de alho
  • 1 colher de chá de colorau
  • 2 folhas de louro
  • 0,5 dl de vinho branco
  • 100g de banha
  • 1 kg de batatas pequeninas com pele
  • 1 dl de azeite
  • sal e pimenta q.b.

Preparação

Colocar o cabrito numa taça grande, juntar os alhos picados, o louro, o colorau, o vinho branco, o sal e a pimenta e deixar  marinar 24 horas.
Na hora de ir ao forno, colocar a carne num tabuleiro fundo, juntar as batatas lavadas, a marinada, o azeite e a banha e levar a assar cerca de 1,30.
Servir quente.
Acompanhar com uma salada, laranja, ou ananás às rodelas.



Fonte - Adaptado do livro "O Grande Livro das Receitas de Natal".