quinta-feira, 31 de Março de 2011

Quadrados de Mel e Farinha de Arroz




Um bolo muito fofo e macio devido à introdução da farinha de arroz.

Ingredientes

  • 150g de farinha de arroz
  • 150g de farinha de trigo
  • 100g de mel
  • 100g de manteiga
  • 5 ovos
  • 2 iogurtes (usei natural)
  • 1 colher de chá de fermento
  • 2 colheres de sopa de sementes de papoila

Preparação Bimby

Colocar no copo, o mel, os ovos, a manteiga e os iogurtes e bata  minuto, velocidade 6. Colocar a borboleta e bater mais 3 minutos, velocidade 4.
Adicionar as farinhas e o fermento e misturar durante 30 segundos, velocidade 4. Por fim envolver as sementes.

Verter a mistura num tabuleiro untado e forrado de papel vegetal e levar ao forno pré aquecido a 180º, cerca de 30 minutos, ou até estar cozido.
Retirar do forno, deixar arrefecer e cortar aos quadradinhos.

Preparação Tradicional

Numa taça bater bem os ovos, o mel, a manteiga e os iogurtes. Adicionar as farinhas com  o fermento e envolver bem . Por fim juntar as sementes e misturar . 

Verter a mistura num tabuleiro untado e forrado de papel vegetal e levar ao forno pré aquecido a 180º, cerca de 30 minutos, ou até estar cozido.
Retirar do forno, deixar arrefecer e cortar aos quadradinhos.

Fonte - Teleculinária Especial Robot de Cozinha nº 32.

Nota - Usei um tabuleiro de 30 x 20cm.

terça-feira, 29 de Março de 2011

Risotto de Lingueirão

Um prato com sabor a Algarve. como eu tanto gosto!



Ingredientes

  • 1 "molho" de lingueirão fresco
  • 250g de arroz arbóreo para risotto
  • 1 cebola roxa média
  • 2 dentes de alho
  • 100ml de vinho branco
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 molho de coentros
  • sal e pimenta

Preparação Bimby

Deixar o lingueirão, dentro duma taça larga com água e sal umas horas para sair toda a areia.
Num tacho, deitar água, levar a ferver e cozer o lingueirão até abrir bem.  Retirá-los para um prato e reservar a água da cozedura.
Cortar os bichos aos bocadinhos e reservar.

Colocar a cebola e os alhos no copo e triturar 5 segundos, velocidade 5.
Baixar o que ficou agarrado às paredes do copo, adicionar o azeite e programar 6 minutos, velocidade 1.
Colocar a borboleta, adicionar o risotto, mexer com a espátula e programar 20 minutos, temperatura 100, velocidade colher inversa. Passados 3 minutos juntar o vinho pelo bocal, e retirar a tampa para evaporar o álcool. Vá adicionando a água de cozer o lingueirão, coada, deixando o arroz ir absorvendo antes de    adicionar mais.
Quando faltar 5 minutos para o final, juntar o lingueirão e os coentros picados. Deixar terminar a cozedura, polvilhar com mais coentros e servir de imediato.


Preparação Tradicional

Deixar o lingueirão, dentro duma taça larga com água e sal umas horas para sair toda a areia.
Num tacho, deitar água, levar a ferver e cozer o lingueirão até abrir bem.  Retirá-los para um prato e reservar a água da cozedura.
Cortar os bichos aos bocadinhos e reservar.

Numa caçarola, deitar a cebola e os dentes de alho picados, juntar o azeite e levar a refogar.
Adicionar o arroz, mexer, juntar o vinho e deixar evaporar. Vá adicionando a água de cozer o lingueirão, coada, deixando o arroz ir absorvendo antes de  adicionar mais.
Quando faltar 5 minutos para o final, juntar o lingueirão e os coentros picados. Deixar terminar a cozedura, polvilhar com mais coentros e servir de imediato.

Nota - Não sei dizer o peso do lingueirão, mas costuma haver no mercado ou na peixaria, uns molhos de lingueirão vivo, imagino que será 1 kilo.

domingo, 27 de Março de 2011

Bolo da Amélia

Este post é um agradecimento à Amélia, uma Sra. com uma  generosidade imensa, de quem gosto muito, que partilhou comigo esta receita. Uma conversa de mulheres, levou a este bolo, e logo que ouvi os ingredientes percebi que só podia ser um bolo fantástico, e não me enganei, foi um dos melhores que comi até hoje.



Ingredientes
  • 2 chávenas de farinha
  • 2 chávenas de açucar ( reduzi para 1 1/2)
  • 1 chávena de óleo
  • 4 ovos
  • 1 maça reineta partida em bocados pequenos
  • 2 cenouras médias raladas
  • 1 chávena de nozes e pinhões
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 colher de bicabornato de sódio
Preparação Bimby

Ligar o forno, temperatura 180º.
Colocar no copo, a farinha, o fermento e o bicabornato, 20 segundos, velocidade 3. Reservar.
Triturar as nozes grosseiramente com 2 ou 3 toques de turbo. Reservar.

Colocar a borboleta, deitar os ovos inteiros e o açucar e bater 5 minutos, temperatura 37, velocidade 3 1/2.
De seguida programar mais 4 minutos, na mesma velocidade mas sem temperatura. Adicionar o óleo, 20 segundos, velocidade 4. Juntar a farinha reservada 15 segundos, velocidade 3.
Retirar a borboleta, e com a ajuda da espátula envolver a cenoura ralada, as nozes e os pinhões e a maçã aos bocadinhos.

Deitar a massa numa forma untada e polvilhada de farinha e levar ao forno cerca de 40 minutos, ou até estar cozido.
Desenformar e deixar arrefecer.

Preparação Tradicional

Ligar o forno temperatura 180º.
Bater muito bem os ovos com o açucar até conseguir uma gemada cremosa e esbranquiçada.
Adicionar o óleo. Bater mais um pouco. Juntar a farinha, o fermento e o bicabornato e envolver bem.
Por fim acrescentar as nozes grosseiramente moidas, os pinhões, as cenouras raladas e a maça partida aos bocadinhos.
Deitar a massa numa forma untada e polvilhada de farinha e levar ao forno cerca de 40 minutos, ou até estar cozido.
Desenformar e deixar arrefecer.

Notas - Não ralei a cenoura na Bimby, porque fica demasiado desfeita, e a intenção é ficar ralada, mas que se encontre no bolo. Não usei pinhões e a maçã também não foi reineta porque dessas não havia em casa.

quinta-feira, 24 de Março de 2011

Doce de Maçã

Em época em que a fruta é boa e saborosa, há que aproveitar para fazer uns doces.
Este é óptimo para acompanhar panquecas, pão e bolachas, e muito usado aqui em casa para confecionar tartes de maçã.




Ingredientes

  • 1 kg de macãs (pesadas depois de arranjadas)
  • 350g de açucar
  • 1 pau de canela
  • casca de 1/2 limão

Preparação Bimby

Deitar as maçãs arranjadas e cortadas aos bocados no copo. Triturar 10 segundos, velocidade 6.
Juntar os restantes ingredientes, envolver bem com a espátula e programar 30 minutos, temperatura 100, velocidade 1.
Terminado o tempo, e se achar o doce ainda liquido, programar mais 15 minutos, na mesma velocidade, temperatura varoma, sem o copinho, mas com o cesto virado ao contrário por cima da tampa, para evitar salpicos.

Dispensar o pau de canela e o limão e guardar o doce em frascos herméticos.


Preparação Tradicional

Arranjar as maçãs,  e colocar numa panela. Juntar os restantes ingredientes e levar ao lume brando, mexendo frequentemente, até atingir a consistência desejada.

Dispensar o pau de canela e o limão, e guardar o doce em frascos herméticos

Se não gostar de sentir bocados de fruta,  triturar com a varinha mágica, até ficar a gosto.



terça-feira, 22 de Março de 2011

Há muitos, muitos anos.....

É verdade, há muitos, muitos anos, que esta receita faz parte da ceia de Natal da minha família.
A minha avó materna sempre fez, a minha mãe seguiu-lhe as pisadas,  agora sou eu, e mais tarde acredito que será a minha filha, já que aprecia imenso.
Não me perguntem porquê, não faz parte de nenhuma tradição Natalicia, mas em minha casa é, e sempre foi uma tradição.
Chegava perto da noite da Consoada e a minha mãe tinha que encontrar mioleiras, desse por onde desse, nem que para isso tivesse que fazer kilómetros, mas elas haviam de aparecer na mesa dia 24.
E quantas vezes, com a barriga já  cheia, lhe pediamos por tudo para ela não fazer, porque a fome já tinha desaparecido, mas ela respondia sempre - um bocadinho não faz mal a ninguém, vá lá, comam lá, e nós lá faziamos a vontade, e  a verdade é que nos sabia lindamente.
Por todos os bons momentos que passámos à volta da mesa, em familia, e com muito amor à mistura, esta receita faz parte do meu livro de recordações familiares.
E por tudo isto, quando a Laranjinha do Cinco Quartos de Laranja, propôs uma receita com história, no desafio Conte-me a sua Receita, não tive dúvidas, a receita estava escolhida.

Tem história! É de Familia! É da Minha Familia!


Mioleira com Ovos e Lombinho

Ingredientes

  • 2 mioleiras de porco
  • 1 lombinho de porco
  • 6 ovos
  • 1 tigela de miolo pão duro, de preferência caseiro
  • 6 dentes de alho picados
  • 2 folhas de louro
  • 1 copo de vinho branco
  • sal e pimenta
  • sumo de 1 limão
  • 2 colheres de sopa de banha
  • 1 colher de sopa de azeite

Preparação

Temperar a carne partida aos bocadinhos, com o alho, o louro, o vinho branco  o sal e a pimenta. Reservar no frigorifico de um dia para o outro.

Deitar as gorduras  numa caçarola e levar ao lume. Quando estiverem quentes juntar a carne e deixar fritar.
Numa taça, desfazer as mioleiras com um garfo, retirando toda a pele que ficar inteira (fios vermelhos).
Adicionar o pão desfeito, o sumo de limão e os ovos previamente batidos.
Juntar à carne e deixar cozer sem secar.
Servir com batata frita e salada.



A taça veio da casa da minha avó, é uma peça que gosto imenso, velhinha, mas com muito valor para mim.                                

domingo, 20 de Março de 2011

Bolo ou Queques de Iogurte?

E porque hoje é domingo, e porque aos domingos apetece um bolinho, aqui fica mais uma receita do meu caderno de familia. Um simples bolo de iogurte, que de tão fofo que ficou, acabou por abater.
E a uma parte da massa, acrescentei algumas sementes de papoila e viraram queques.




Ingredientes
  • 1 iogurte de baunilha ou outro aroma
  • 2 copos de açucar
  • 1 copo mal cheio de óleo
  • 3 copos de farinha
  • 1 colher de chá de fermento
  • 4 ovos grandes
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha
  • 1 colher de sopa de sementes de papoila ( facultativo)

Preparação Bimby

Deite no copo a farinha e o fermento, 10 segundos, velocidade 5. Reservar.
Com a borboleta no copo, juntar o açucar, os ovos e o iogurte, 4 minutos, temperatura 37, velocidade 3 1/2,  mais 3 minutos à mesma velocidade sem temperatura.
Adicionar o óleo, e o aroma de baunilha 15 segundos, velocidade 3.
Por fim a farinha e o fermento, 20 segundos, velocidade 2.
No caso de optar pelas sementes de papoila, acrescentar as mesmas e envolver com a espátula.

Levar ao forno pré aquecido a 180º, numa forma untada e polvilhada de farinha, ou em formas de papel se optar por queques. Depois de cozido desenformar e deixar arrefecer sobre uma grelha.


Preparação Tradicional

Bater as claras em castelo e reservar.

Numa taça juntar as gemas, o açucar e o iogurte e bater bem. Acrescentar o óleo e o aroma de baunilha e continuar a bater.
Por fim e alternadamente, juntar as claras em castelo, a farinha e o fermento, envolvendo bem sem bater.
No caso de optar pelas sementes de papoila, acrescentar as mesmas e envolver com a espátula.

Levar ao forno pré aquecido a 180º, numa forma untada e polvilhada de farinha, ou em formas de papel se optar por queques. Depois de cozido desenformar e deixar arrefecer sobre uma grelha.

 Notas - O copo medida é o copo do iogurte.

sexta-feira, 18 de Março de 2011

Um Miminho para o Pai!!

O dia do Pai, é mais um dia que se comemora, como tantos outros. Para mim, que infelizmente já não tenho o meu querido Pai, junto a mim, todos os dias são dias do pai, da mãe, da criança, e por ai fora.
Mas fazer um miminho não faz mal a ninguém, e a minha filha não deixa passar em branco estas datas.

Para todos os Pais, aqui fica um docinho que espero que gostem.




Negritos

Ingredientes

  • 2 ovos inteiros
  • 30g de manteiga
  • 250g de miolo de amêndoa
  • 150g de açucar em pó
  • 100g de cacau ou chocolate ( uso 50/50)

Preparação Bimby

Triturar a amêndoa durante 10 segundos, velocidade 6. Reservar.
Pulverizar o açucar 15 segundos, velocidade 7-8-9. Juntar todos os ingredientes, excepto a amêndoa e bater 30 segundos, velocidade 3. Juntar a amêndoa e bater na velocidade 3 até conseguir uma mistura homogénea.
Fazer bolinhas, passar por açucar e colocá-las em caixinhas de papel.
Levar ao frigorifico até servir.


Preparação Tradicional

Com a ajuda de um robot de cozinha, triturar a amêndoa e reservar.
Numa taça, juntar todos os ingredientes, excepto a amêndoa e bater bem. Adicionar a amêndoa e envolver bem até conseguir uma mistura homogénea.
Fazer bolinhas, passar por açucar e colocá-las em caixinhas de papel.
Levar ao frigorifico até servir.



Notas - Pode utilizar amêndoa com ou sem pele.
Se a mistura ficar um pouco mole para tender as bolinhas, levar um pouco ao frigorifico para endurecer.

Fonte - Livro Doces e Sobremesas da Bimby

quinta-feira, 17 de Março de 2011

Tortilha de Cogumelos

Já desisti de fazer tortilhas na frigideira, a falta de jeito é uma coisa terrivel, e sempre que tentava fazer, o resultado era uma dose de ovos mexidos, com o que quer que lhes juntasse.
Agora sempre que quero uma tortilha, coloco numa forma de tarte e levo ao forno. Fica sempre perfeita e direitinha, não parte, não é necessário virar, e é mais saudável, pois não é frita.




Ingredientes

  • 200g de cogumelos frescos
  • 1 cebola roxa grande
  • 1 batata grande
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 6 ovos
  • 100 ml de leite
  • sal e pimenta

Preparação

Cortar a batata em rodelas finas e fritar levemente ( usei a Actifry). Reservar.
Numa frigideira anti aderente deitar o azeite e a cebola em rodelas finas. Deixar amolecer e juntar os cogumelos laminados até os mesmos ficarem macios. Deixar evaporar todo o liquido que os cogumelos deitam e adicionar as batatas.

Com a ajuda de uma vara de arames, ou num robot de cozinha, bater os ovos com o leite e temperar de sal e pimenta.

Numa tarteira ou num tabuleiro, deitar a mistura dos cogumelos, cobrir com os ovos batidos e levar ao forno pré aquecido a 180º, até a tortilha estar cozida. Pode verificar a cozedura usando um palito, se sair seco a tortilha está pronta.

Servir com uma salada.

quarta-feira, 16 de Março de 2011

Tamboril à Marroquina

Uma refeição para quem gosta de sabores diferentes. Se não gostar de alguma das especiarias pode eliminá-la.
A receita original era confeccionada com lucianos do golfe que eu substitui por tamboril. Não conheço os originais, não sei a consistência, mas gostei do resultado.



Ingredientes

  • 800g de cubos de tamboril
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola grande, em rodelas finas
  • uma pitada de fios de açafrão
  • 1 colher de café de canela
  • 1 colher de chá de coentros moidos
  • 1 colher de café de cominhos
  • 1 colher de café de açafrão em pó
  • 200g de tomate maduro ou de lata, em pedaços
  • 300 ml de caldo de peixe ( usei água)
  • 50g de azeitonas verdes descaroçadas
  • 1 colher de sopa de limão de conserva ( usei sumo)
  • 1 molho de coentros frescos picados
  • sal e pimenta q.b.

Preparação

Dispor o peixe numa travessa e temperar de sal e pimenta. Reservar cerca de 1 hora.
Aquecer o azeite numa caçarola, em lume brando, juntar a cebola e deixar cozer, mexendo de vez em quando, até a cebola ficar tenra, mas sem alourar. Juntar o açafrão, a canela, os coentros moidos, os cominhos e os fios de açafrão e deixar cozer, mexendo sempre, durante 30 segundos.
Adicionar o tomate e o caldo e mexer bem. Assim que levantar fervura, tapar a caçarola e deixar ferver por 15 minutos. Destapar e deixar apurar até engrossar em pouco.
Adicionar o tamboril, envolver no molho e deixar cozer cerca de 10 minutos.
Juntar as azeitonas, o limão e os coentros frescos. Rectificar os temperos e servir com couscous, ou arroz branco.

Fonte - Livro " Peixe e Marisco, mais de 100 receitas irresistíveis"

segunda-feira, 14 de Março de 2011

Leitão com Feijão Branco

É certo que já caminhamos para a Primavera, mas como o frio ainda não nos largou, uma feijoada cai sempre bem. Esta é de leitão, carne que gostamos bastante, mas nem sempre se arranja, pelo menos por aqui.
Faço sempre a olho, não peso os ingredientes, vou tentar colocar o mais acertado possivel.




Ingredientes

  • 1 kg de leitão arranjado e partido aos bocados
  • 2 frascos de feijão branco cozido ou 200 de feijão seco
  • 2 cenouras grandes
  • 1 cebola grande
  • 2 dentes de alho
  • 1 ramo de salsa
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 chouriça
  • 1 copo de vinho branco
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • sal e pimenta

Preparação

Se optar por feijão seco, cozê-lo em água, e reservar.

Num tacho largo, colocar a cebola e os alhos picados, a chouriça e as cenouras às rodelas grossas, a salsa, o azeite, o sal e a pimenta e levar ao lume a refogar uns minutos.
Adicionar o leitão e o vinho branco, tapar e deixar cozer. Se necessário juntar um pouco de água para não secar.
Depois do leitão cozido, juntar o feijão e um pouco da água de o cozer, se usar feijão de frasco ou lata, juntar um pouco de água. Deixar ferver cerca de 10 minutos e servir acompanhado de arroz branco.


sábado, 12 de Março de 2011

Creme de Abóbora e Beldroegas

Pode não parecer pelo que publico, mas sopa é coisa que nunca falta em casa, mas por norma é feita com o que há no frigorifico. É  ver o que existe disponivel em termos de vegetais e panela com eles, mas esta ficou de tal modo saborosa, que não resisti em partilhar com todos.



Ingredientes
  • 2 batatas médias
  • 500g de abóbora aos bocados
  • 1 alho francês
  • 1 cebola grande
  • 2 dentes de alho
  • sal
  • azeite
  • 1 molho de beldroegas

Preparação Bimby

Arranjar todos os legumes,  e colocá-los no copo, excepto as beldroegas, tapados de água. Juntar o sal.
No tabuleiro varoma, colocar as beldroegas. Encaixar este por cima do copo e programar 30 minutos, temperatura varoma, velocidade 1.
Acabado o tempo, e com cuidado para não queimar, retirar a varoma, juntar o azeite e colocar um pano por cima do copo, triturar durante 1 minuto, velocidade 7. Adicionar as beldroegas, mexer e servir.

Preparação Tradicional.

Numa panela juntar todos os ingredientes,  excepto as beldroegas e o azeite, tapar de água e deixar cozer.
Triturar bem o creme, adicionar o azeite e as beldroegas e levar novamente ao lume durante uns minutos.
Servir.

quinta-feira, 10 de Março de 2011

Flor de Brioche

Este brioche para além de ficar muito bonito, é bastante versátil, pode ser servido com compotas, com queijo, fiambre ou aquilo que mais gostarem, ou até sem nada, só por si já é saboroso.
Demora algum tempo até estar pronto, mas não é dificil e vale a pena.
Aguenta perfeitamente 4 ou 5 dias sempre fofo, desde que tapado devidamente com pelicula aderente, ou guardado numa caixa hermética.

 


Ingredientes
  • 500g de farinha
  • 1 colher de chá de sal
  • 50g de acuçar
  • 50g de manteiga
  • 200g de leite
  • 20g de fermento de padeiro fresco ou 1 saqueta de fermento em pó ( Fermipan por ex)
  • 2 ovos médios
  • manteiga derretida para pincelar 
Preparação Bimby

No copo, deitar os ovos, o leite e o açucar e programar 2 minutos, temperatura 37, velocidade 2.
Juntar  a farinha e o fermento, e amassar 4 minutos, velocidade espiga. Adicionar a manteiga e o sal e programar mais 5 minutos na mesma velocidade.  Se a massa não despegar das paredes do copo, adicionar mais 2 ou 3 colheres de farinha e programar mais 1 minuto sempre na velocidade espiga.
Deixar a massa repousar cerca de 1 hora, ou até duplicar de volume. Pode levedar no copo, ou numa taça grande.

Retirar o ar da massa, e dividi-la em 16 partes iguais. Com a ajuda de um rolo, estender cada bocado de massanum rectangulo, e colocar 4 pedaços , em cima uns dos outros, intercalando com a manteiga derretida.  Enrolar como se de uma torta se tratasse e reservar. Vai ficar com 4 rolos, cada um com 4 pedaços da massa.
Cortar cada "torta" em 4 ou 5 fatias, dispô-las numa forma redonda, ou num tabuleiro untado e polvilhado de farinha,  a formar uma flor.
Pincelar com ovo batido, deixar levedar novamente, e levar ao forno pré aquecido a 190º, cerca de 25 minutos.
Deixar arrefecer sobre uma rede.

Fonte - Forumbimby, e é uma receita da Isabelocas.

terça-feira, 8 de Março de 2011

Biscoitos de Nata

Tempo cinzento, com chuva e frio é o que necessito para me dar vontade de acender o forno, e encher as latas dos biscoitos, que teimam em ficar vazias num instante.
Estes são fáceis e rápidos de preparar, e mais rápidos ainda de serem comidos.

A todas as Mulheres, neste Dia Internacional da Mulher, ofereço um biscoito e um café ou um chá!!




Ingredientes
  • 150g de açucar
  • 2 dl de natas
  • 1 ovo + 2 gemas
  • 150g de manteiga
  • raspa de 1 limão
  • 500g de farinha
  • 1 colher de sobremesa de fermento 
  • 2 colheres de sopa de leite
Preparação Bimby

Forrar um tabuleiro com papel vegetal, ou untar e povilhar de farinha. Reservar.

Deitar todos os ingredientes no copo, à excepção da farinha, do fermento e de 1 gema. Misturar durante 30 segundos, velocidade 4. Adicionar a farinha e o fermento e programar 30 segundos, velocidade 6.

Moldar bolinhas do tamanho de uma noz, dispôr no tabuleiro reservado  e pincelar com a gema de ovo reservada batida com o leite.

Levar ao forno até estarem cozidos e douradas.
Deixar arrefecer e guardar numa caixa hermética ou numa lata.

Preparação Tradicional

Forrar um tabuleiro com papel vegetal, ou untar e povilhar de farinha. Reservar.

Numa taça grande, misturar todos os ingredientes à excepção de 1 gema. Quando a mistura se encontrar moldável, tender bolinhas do tamanho de uma noz, dispor no tabuleiro já preparado e  pincelar com a gema de ovo reservada, o leite.

Levar ao forno até os biscoitos estarem cozidos e dourados.
Deixar arrefecer e guardar numa caixa hermética ou numa lata.

Fonte - Forumbimby, com algumas alterações minhas, nomeadamente na quantidade do açucar.

domingo, 6 de Março de 2011

Pãezinhos de Linguiça para Acompanhar a Leitura de um Jornal!!

À uma semana atrás recebi um convite do Jornal  " i ",  onde me davam a conhecer o seu interesse em publicar na revista Index, que acompanha o mesmo, uma receita do Pão e Beldroegas. Fiquei na dúvida, pedi alguns conselhos mas aceitei.
E em boa hora o fiz, imaginam como fiquei feliz ao abrir a revista e ver lá a receita escolhida por eles, os Sonhos de Bacalhau com Arroz de Feijão.
A publicação saiu ontem, dia 5 e o  título  "Transforme o bacalhau em sonhos".  São 2 páginas, com a foto de uma belo bacalhau, e por baixo as duas receitas, com a referência ao blog.

Este projecto começou por uma brincadeira de amigas, e é muito gratificante ver que alguém repara no meu trabalho, feito com tanto carinho.

E agora para nos entretermos a passar o tempo, enquanto se lê o jornal, que tal um petisco? É isso que partilho hoje, um petisco daqueles que nunca falta em nenhuma festa  aqui em casa, ou quando apetece trincar alguma coisa. Espero que vos agrade!!




Ingredientes
  • Batata para cozer
  • O mesmo peso da batata em farinha sem fermento
  • Metade do peso da batata em manteiga
  • Linguiça

Preparação

Tirar a pele às linguiças e cortar em pedaços de cerca de 5 cm. Cortar ainda cada pedaço ao meio, no sentido do comprimento. Reservar.

Cozer a batata em água.
Depois de cozida e ainda quente, escorrer bem e colocar num robot de cozinha, juntar a manteiga e triturar tudo. Adicionar a farinha e bater a massa até ficar uma massa maleável. Na Bimby bater na velocidade 6 até estar tudo bem misturado.
A massa fica elástica e mole, mas muito fácil de trabalhar.

Deixar arrefecer um pouco, e com ajuda de um rolo da massa e sobre uma superficie enfarinhada, estender a mesma. Com um cortador de massas, cortar quadrados de cerca de 5 ou 6 cm, dispor um pedaço de linguiça na diagonal, fechar as duas pontas para prender a linguiça e levar ao forno pré aquecido até ficarem dourados.



Esta receita é da minha querida amiga Magda e veio do Forumbimby.

Não menciono quantidades, mas para terem uma ideia do que rende, com 500g de batata fiz 3 tabuleiros do forno. Não é necessário deixar espaço entre eles porque a massa não cresce.

sábado, 5 de Março de 2011

Queijada Fina de Sintra

A receita é de queijadas, mas eu fiz só uma queijada grande, o sabor é o mesmo, e o trabalho fica reduzido.



Ingredientes

Massa
  • 130g de farinha de trigo sem fermento
  • 1 gema de ovo
  • 25g de manteiga fria
  • 30g de água
  • 1 pitada de sal

Recheio
  • 3 ovos médios
  • 1 pitada de sal
  • 20g de manteiga
  • 250g de requeijão de vaca
  • 120g de açucar
  • 50g de farinha
  • 1 colher de chá de canela ( de minha autoria)

Preparação Bimby

Para a massa colocar todos os ingredientes no copo e programar 10 segundos, velocidade 6. Com a ajuda da espátula baixar o que ficou agarrado às paredes do copo e e amassar mais 10 segundos na mesma velocidade.
Colocar a massa dentro de um saco plástico e deixar descansar cerca de 5 minutos.
Após esse tempo e com a bancada enfarinhada, estender a massa muito fina, com a ajuda de um rolo, e forrar uma forma de tarte de fundo amovivel, previamente untada e polvilhada de farinha. Reservar.

Preparar o recheio. Com o copo bem limpo, colocar a borboleta e bater as claras em castelo com o sal, 3 minutos, velocidade 3 1/2. Reservar numa taça.

Aqueça o forno a 180º.

Sem a borboleta, colocar a manteiga no copo e programar 1 minuto, temperatura 100, velocidade 1.
Adicionar os restantes ingredientes e bater 4 minutos, velocidade 3. Envolver delicadamente as claras reservadas com a ajuda de uma vara de arames.
Deitar o creme na forma e levar ao forno cerca de 20 a 25 minutos.

Preparação Tradicional

Para preparar a massa juntar todos os ingredientes numa taça, e amassar até ficar com uma consistência macia e moldável.
Deixar repousar dentro  de um saco de plástico durante 5 minutos, e de seguida, e com a ajuda de um rolo, estender a massa bem fina e forrar uma tarteira de fundo amovivel, previamente untada e polvilhada de farinha. Reservar.

Aqueça o forno a 180º.

Entretanto preparar e recheio. Bater as claras em castelo com o sal e reservar.
Derreter a manteiga, deitar numa taça e adicionar todos os outros ingredientes. Bater bem. 
Com a ajuda de uma vara de arames, envolver cuidadosamente as claras em castelo, deitar o preparado por cima da massa e levar ao forno cerca de 20 ou 25 minutos.


Nota - Se preferir fazer queijadinhas individuais, estenda a massa e com a ajuda de um corta-massas, corte circulos do tamanho das formas que vai utilizar. Com a ajuda de uma faca dê 6 golpes nas bordas da massa, de modo a facilitar ao colocar nas formas.
A preparação tradicional não foi testada.

Fonte - Revista Bimby Momentos de Partilha, nº 16

quinta-feira, 3 de Março de 2011

Penne à Carbonara

A cozinha italiana fascina-me, muita pasta, queijo, tomate, que bem que sabe!!
Aqui em casa qualquer refeição de pasta é muito bem recebida, e esta é uma das preferidas da minha filha, costumo fazer com esparguete integral, mas desta vez foi com penne, e fica igualmemente apetitoso!
Rápido, fácil e económico...



Ingredientes
  • 300g de penne
  • 200g de bacon
  • 3 ovos grandes
  • 1 dl de natas ( meio pacote)
  • 1 dl de leite
  • sal, pimenta e noz moscada
  • 200g de cogumelos laminados ( não usei)

Preparação

Cozer a massa de acordo com as instruções da embalagem.
Na wok, colocar o bacon e deixar alourar. Juntar os cogumelos tapar e deixar cozer.
Adicionar a massa escorrida e envolver.

Numa taça bater os ovos com as natas e o leite, temperar com sal, pimenta e noz moscada e misturar à massa, mexendo sempre até os ovos cozerem mas não demasiado, para não ficar seco.